sicnot

Perfil

Economia

Governo anuncia investimento de 6,4 milhões de euros no IC1

(arquivo)

ANTÓNIO PEDRO SANTOS / LUSA

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas anunciou esta terça-feira que "as grandes obras" de requalificação do Itinerário Complementar (IC) 1 entre Alcácer do Sal e Grândola, orçadas em 6,4 milhões de euros, "devem começar no início de 2018".

Pedro Marques fez este anúncio junto ao IC1, após a cerimónia de apresentação do projeto de requalificação, que está em fase de concurso público internacional, estando o início da empreitada previsto para o primeiro trimestre de 2018.

A iniciativa decorreu esta terça-feira ao final da tarde numa zona que está a ser alvo de obras no âmbito de trabalhos de reabilitação funcional do pavimento, que antecedem a intervenção "de fundo", tendo em conta o atual estado do piso.

"Estamos a fazer as obras mais urgentes, aquelas que têm a ver com a retirada das lombas associadas às raízes e vamos estar no ano de 2018 a fazer a grande obra que impedirá que estas condições voltem a acontecer no troço entre Alcácer e Grândola", assegurou o governante.

Esta "primeira intervenção" é, para Pedro Marques, "a mais importante do ponto de vista da segurança", tendo em conta que a via "é percorrida no eixo de atravessamento norte-sul por centenas e centenas de milhares de portugueses".

A obra, que começou a 6 de abril, com "trabalhos de reabilitação funcional do pavimento", que incluem "execução de fresagens, remoção das deformações originadas pelas raízes e aplicação de camada betuminosa nas zonas intervencionadas", representa um investimento total de "339 mil euros" que deverá estar concluído até junho, segundo a Infraestruturas de Portugal (IP).

A empreitada de beneficiação do IC1 anunciada para 2018, no valor de 6,4 milhões de euros, prevê a requalificação de 15,7 quilómetros do IC1, entre o entroncamento com a Estrada Municipal 120, no concelho de Alcácer do Sal, e o entroncamento com o IC33, no concelho de Grândola.

A obra inclui, entre outras intervenções, a reabilitação estrutural do pavimento, a renovação, readaptação e complemento da sinalização e dos equipamentos de segurança, a instalação de sistemas semafóricos, a requalificação de sistemas de drenagem e a construção de um canal técnico rodoviário.

O concurso público para a execução da empreitada foi publicado em Diário da República, após a jurisdição direta sobre o troço do IC1 em causa ter passado para a IP no início do mês de abril, com a dispensa do Tribunal de Contas do visto prévio ao contrato renegociado da subconcessão do Baixo Alentejo.

Em reação ao anúncio do lançamento do concurso público, a Comissão de Utentes do IC1 de Alcácer do Sal e Grândola divulgou um comunicado em que lembra terem já sido feitas "inúmeras promessas de datas", esperando que a atual não seja "fogo de vista".

"Os utentes e populações dos dois concelhos mais atingidos, têm o direito de circular nesta infraestrutura rodoviária em condições de segurança", lê-se no mesmo documento, em que a Comissão de Utentes exige ao Estado uma "solução definitiva", "transparência", "responsabilidade" e "respeito pelas populações e pelos utentes" da via.

As comissões de utentes e autarquias de Alcácer do Sal e de Grândola têm lutado nos últimos anos pela requalificação urgente da via, a que chegaram a apelidar de "estrada da morte", com vários protestos, marchas lentas e encontros com grupos parlamentares e governantes.

Lusa

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC