sicnot

Perfil

Economia

Número de casais desempregados cai 16% em março

O número de casais em que ambos os cônjuges estão inscritos nos centros de emprego desceu 16% em março em termos homólogos e 2,6% face a fevereiro, para 10.354, foi esta quarta-feira divulgado.

De acordo com a informação disponível na página do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), em março, do total de desempregados casados ou em união de facto, 20.780 (10,4%) têm também registo de que o seu cônjuge está igualmente inscrito como desempregado no serviço de emprego.

Assim, no final de março, estavam inscritos menos 1.979 casais do que no mês homólogo de 2016 e menos 280 casais do que em fevereiro deste ano.

No final de março, estavam registados nos Serviços de Emprego do Continente 441.911 desempregados, dos quais 44,9% eram casados ou viviam em situação de união de facto, perfazendo um total de 198.613.

Em termos globais, o número de desempregados inscritos nos centros de emprego baixou 18% em março, face a igual mês de 2016, para 471.474 pessoas, representando a maior redução em termos homólogos desde que há registo.

Esta redução, que ultrapassou a registada no mês de fevereiro (15,3%), coloca o desemprego registado ao nível de fevereiro de 2009.

De acordo com os dados divulgados esta quarta-feira pelo IEFP, em comparação com o mês anterior, o número total de desempregados registados em março recuou 3,3%, o que representa menos 16.155 pessoas.

Lusa

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24