sicnot

Perfil

Economia

Precários do Estado podem concorrer a integração a partir de amanhã

ANT\303\223NIO COTRIM

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu hoje ao Bloco de Esquerda que apenas um "grande azar" impedirá os precários do Estado de concorrer, a partir de quinta-feira, à sua integração nos quadros, como previsto.

"Seria preciso mesmo um grande azar para aquilo que está previsto hoje não acontecesse amanhã", assegurou António Costa, falando no debate quinzenal no Parlamento.

E insistiu: "salvo uma falha informática, uma falha de energia ou um problema dessa natureza, sim, amanhã [quinta-feira] abre o prazo para os trabalhadores que se encontrem em situação precária no Estado poderem requerer a avaliação da sua situação e iniciar o seu processo de integração nos quadros do Estado".

Antes, Catarina Martins, coordenadora do BE, tinha lamentado os "atrasos" neste processo e definido como "importante" garantir o prazo pela "expectativa de cada um e cada uma destes trabalhadores" precários.

"Nunca ficamos contentes com o que está feito quando sabemos que ainda temos um caminho tão grande por fazer. Ainda bem que o processo começa amanhã [quinta-feira] ", prosseguiu, lamentando posteriormente que os professores não integrem este processo.

Depois, a líder do BE falou sobre a greve dos médicos, que decorre entre hoje e quinta-feira, criticando a ausência de respostas do Governo, seja por via do primeiro-ministro ou do ministro da Saúde.

"O ministro não tem falado, o Governo não tem falado e não falaremos até à conclusão da greve", disse António Costa, garantindo que, "terminada a greve", o executivo falará.

De todo o modo, o chefe do Governo valorizou as contratações feitas para o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e lembrou que houve "várias necessidades" desde que tomou posse na administração pública, nomeadamente na reposição de vencimentos e alteração do horário de trabalho semanal.

"Há uma pressão global sobre as finanças que temos de gerir e ir compatibilizando isso com as necessidades específicas em cada setor", declarou António Costa.
Catarina Martins lembrou que os Orçamentos do Estado "são escolhas, como tudo na política", e lamentou a "escolha clara de contrair a despesa para conseguir metas do défice muito além daquelas que tinham até sido previstas pelo Governo no primeiro momento em que fez o OE" de 2016.

"O BE tem participado, feito propostas, colaborado para um caminho que pare o empobrecimento em Portugal", prosseguiu a coordenadora bloquista.

Catarina Martins lançou ainda farpas a PSD e CDS-PP, advogando que "a realidade todos os dias tira o tapete à direita", nomeadamente na criação de emprego e no aumento do salário mínimo nacional.

Lusa

  • Moção de censura "dá voz à indignação de muitos portugueses"
    1:13

    País

    O CDS entregou, no gabinete do presidente da Assembleia da República, a moção de censura ao Governo. O deputado Nuno Magalhães diz que o documento é a voz de todos os portugueses que ficaram indignados com a falência dos serviços do Estado nos incêndios e acrescenta ainda que cabe agora aos partidos da esquerda avaliarem se houve falhas e se foram graves o suficiente para censurarem o Governo.

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • Tondela corta relações institucionais com Belenenses

    Desporto

    O Tondela anunciou esta quinta-feira o corte de relações institucionais com o Belenenses, que vai defrontar no domingo para a nona jornada da I Liga de futebol, na sequência do diferendo pelo não adiamento do jogo devido aos incêndios.

  • SC Braga recebe o Ludogorets
    2:03

    Liga Europa

    O Sporting de Braga recebe hoje o Ludogorets. Abel Ferreira destaca a capacidade física e ofensiva do adversário e quer um Braga a jogar com intensidade para vencer o atual campeão da Bulgária.