sicnot

Perfil

Economia

Marcelo "feliz" com números do crescimento mas pede que não se embandeire em arco

O Presidente da República manifestou-se esta segunda-feira "feliz" com os números divulgados pelo INE, mas pediu que "não se embandeire em arco" e se mantenha o valor ao longo do ano para que Portugal possa crescer "claramente acima dos 2%".

"Não embandeirar em arco, ficar feliz, para não dizer mesmo bastante feliz, e tentar manter este ritmo ou um ritmo próximo no resto do ano", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, questionado pelos jornalistas, no final de uma aula-debate no Liceu Camões sobre Álvaro Cunhal, em Lisboa.

O chefe de Estado sublinhou que "se se mantiver" o ritmo de crescimento da economia - segundo o INE, 2,8% no primeiro trimestre de 2017 face ao mesmo período do ano passado e 1% comparando com o trimestre anterior - poderá atingir-se o valor a que apelou: "Um crescimento claramente acima dos 2%".

"Vamos ver se se mantém, se se mantiver pode dar um número histórico", afirmou, escusando-se a pronunciar se o Governo poderá rever em alta a sua previsão de crescimento para este ano.

Lusa

  • Atrás das Câmaras em Ílhavo para conhecer projetos ligados ao mar
    4:14
  • O homem que denunciou casos de fome em Setúbal nos anos 80
    1:41