sicnot

Perfil

Economia

Anúncio sobre alteração a escalões de IRS só em outubro

Anúncio sobre alteração a escalões de IRS só em outubro

António Costa remete o anúncio de medidas concretas sobre alterações no IRS para outubro, quando for apresentado o próximo Orçamento do Estado. Bloco e PCP continuam a pressionar o Governo para aliviar a carga fiscal sobre quem ganha menos.

  • A evolução da tabela de IRS
    2:11

    Economia

    Uma das bandeiras da Esquerda para as negociações do Orçamento do Estado para 2018 deverá ser o IRS. Nesta reportagem, recordamos as evoluções da tabela nos últimos anos.

  • PCP e BE com visões diferentes para Orçamento do Estado
    2:03

    Economia

    O PCP diz que não faz sentido fazer a discussão do IRS nos termos que o Bloco de Esquerda defende, quando propõe um alívio fiscal de 600 milhões de euros já no próximo orçamento do Estado. Na SIC Notícias, o líder parlamentar comunista adiantou que a proposta do PCP passa pela criação de dez escalões de IRS, o dobro dos atuais.

  • Costa recusa avançar com custo de novos escalões de IRS
    0:58

    Economia

    O primeiro-ministro recusou avançar valores sobre a despesa fiscal que implicará a criação de novos escalões do IRS. António Costa sublinhou apenas que a medida vai constar no Orçamento do Estado para o próximo ano e vai ser ainda alvo de discussão com os parceiros do Governo.

  • PCP defende existência de 10 escalões de IRS
    1:39

    País

    O PCP diz que a proposta do Bloco de Esquerda para criar um alívio fiscal de 600 milhões de euros em 2018 não faz sentido. Na SIC noticias, João Oliveira disse esta manhã que o problema do IRS não pode ser visto desta forma porque não se limita aos escalões. Os comunistas defendem que esses escalões devem passar de 5 para 10.

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".