sicnot

Perfil

Economia

Corticeira Amorim "orgulhosa" com legado deixado por líder histórico

A Corticeira Amorim declarou-se hoje "orgulhosa" com o legado deixado pelo seu líder histórico, Américo Amorim, falecido na quinta-feira e a quem a empresa presta "sentida homenagem".

"Américo Amorim liderou o grupo Corticeira Amorim durante décadas, sendo o percursor da profissionalização, da modernização, da inovação e da sustentabilidade, tanto do grupo, como de todo o setor da cortiça", diz a corticeira em nota hoje divulgada.

Em 2001, Américo Amorim transmitiu a liderança executiva da Corticeira Amorim para António Rios de Amorim, "a quem confiou a direção da área de negócios da cortiça", com este a dizer que, com a sua equipa, continuará "sempre com o mesmo sentimento e agora com renovado sentido de responsabilidade a dar sequência e a honrar a história" do grupo.

Américo Amorim morreu na quinta-feira, aos 82 anos, estando o funeral agendado para sábado de manhã, no Mosteiro de Grijó, no concelho de Vila Nova de Gaia.

Natural de Mozelos, em Santa Maria da Feira, Américo Ferreira de Amorim nasceu em 21 de julho de 1934 e cresceu numa família já ligada à indústria da cortiça.

Em 1952 assumiu a liderança da Corticeira Amorim, empresa determinante no grupo homónimo que mais tarde se transformou num dos maiores impérios industriais do país e se afirmou como líder destacado a nível mundial no setor da cortiça.

Segundo a revista Forbes, Américo Amorim era ainda o homem mais rico de Portugal, sendo que a sua fortuna estava avaliada como superior a quatro mil milhões de euros.

Lusa

  • Encontrados destroços do avião que caiu no Irão

    Mundo

    As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

  • 2,6 milhões de bebés morrem antes de completar um mês

    Mundo

    Os recém-nascidos no Paquistão, República Centro-Africana e Afeganistão são os que têm menor probabilidade de sobreviver, de acordo com um relatório da Unicef que revela que todos os anos 2,6 milhões de crianças morrem antes de completar um mês. Sobretudo nos países mais pobres do mundo, o número de mortes de recém-nascidos a nível global mantém-se assustadoramente elevado.

  • Galp regista lucro de 602 M€ em 2017 

    Economia

    A Galp registou um lucro de 602 milhões de euros no ano passado. Uma subida de 25 por cento em relação a 2016. De acordo com a empresa, os resultados devem-se sobretudo ao aumento da produção de petróleo e gás natural no Brasil, bem como o crescimento dos negócios da refinação e distribuição.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC