sicnot

Perfil

Economia

Herdade da Comporta vendida à ARDMA e o objetivo é fazer um resort exclusivo

A herdade da família Espírito Santo é a maior propriedade privada do país, com mais de 12 mil hectares de terreno. (Arquivo)

SIC

A holding de investimentos ARDMA, assinou no começo desta semana um contrato que prevê a aquisição de 59,09% das unidades de participação da Herdade da Comporta, sendo o objetivo transformar o espaço num resort exclusivo.

Em nota divulgada esta sexta-feira, a ARDMA, do empresário Pedro de Almeida, diz que a estratégia passa por desenvolver um resort premium, "mantendo e reforçando as características únicas da Herdade da Comporta, que a tornam um destino único e uma marca de referência no panorama internacional".

Pedro de Almeida, diz o texto da ARDMA, "optou por se apresentar no processo de venda através de sociedade por si totalmente detida, sem sócios, de modo a desenvolver uma estratégia de investimento que melhor defenda a preservação do património construído na Comporta e para manter flexibilidade nas decisões durante todo o processo de venda".

O objetivo é adquirir no futuro as demais unidades de participação do fundo de investimento Herdade da Comporta FEIF, até aqui detidas pela Rioforte, holding do Grupo Espírito Santo (GES).

Não é referido no texto enviado à imprensa o valor do negócio anunciado esta sexta-feira.

A Herdade da Comporta, que fica situada nos concelhos de Alcácer do Sal e de Grândola, foi adquirida pela família Espírito Santo em 1987.

Face ao colapso financeiro do Grupo Espírito Santo, um tribunal do Luxemburgo colocou a Herdade da Comporta à venda.

Lusa

  • O sonho interrompido do resort da Herdade da Comporta
    3:10

    Queda do BES

    Uma das consequências da queda do Grupo Espírito Santo (GES) foi a paragem dos investimentos imobiliários. A paragem das obras no complexo turístico de luxo na Herdade da Comporta, anunciadas pelo Governo de Passos Coelho em 2013, são o melhor exemplo do impacto da queda do GES. Do resort que iria revolucionar o conceito de turismo de luxo em Portugal, sobra apenas o projeto sonhado.

  • Sporting quase nos oitavos da Liga Europa

    Desporto

    O Sporting procura hoje alcançar o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa de futebol, na receção aos cazaques do Astana, em contraponto com o Sporting de Braga, que enfrenta uma árdua tarefa frente ao Marselha. O jogo Sporting-Astana tem transmissão em direto na SIC, online e mobile às 18:00.

    Aqui às 18:00

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Hospital abandonado com equipamentos dentro em Vila Franca de Xira 
    4:41

    País

    O antigo Hospital de Vila Franca de Xira, encerrado há quase cinco anos, está ao abandono ainda com parte do material de saúde, como máquinas, camas, cadeiras ou macas. A SIC teve acesso a várias imagens que mostram o estado em que os equipamentos se encontram, bem como sinais de vandalismo e de assaltos.

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC