sicnot

Perfil

Economia

Ataque cibernético global pode custar até 121 mil milhões de dólares

Kacper Pempel

Um ataque cibernético de dimensões globais pode gerar perdas que podem chegar aos 121 mil milhões de dólares, mais do que o prejuízo causado pelo furacão Sandy de 2012, segundo um estudo publicado esta segunda-feira pela seguradora Lloyd's.

O estudo procurou medir o impacto económico potencial de um ataque causado por piratas informáticos ('hackers') e de outro ataque às informações guardadas na 'cloud' (servidores virtuais), calculando que as perdas podem variar entre os 4,6 mil milhões e os 121 mil milhões de dólares(105,5 mil milhões de euros) num caso de ataque extremo.

"Devido à dificuldade em quantificar as perdas com precisão, o número pode chegar a 121 mil milhões de dólares ou ficar limitado a 15 mil milhões", explicou a seguradora Lloyd's, que apresentou o estudo, citada pela AFP.

Para efeito de comparação, o furacão Sandy, o segundo mais destruidor desde que começaram os registos, gerou perdas económicas avaliadas entre os 50 e os 70 mil milhões de dólares.

Os valores apresentados incluem os gastos de recuperação dos sistemas e os prejuízos causados durante um ano pela perda ou atraso nas operações informáticas que sustentam a grande maioria das empresas.

"Estima-se que até 2016 os ataques cibernéticos tenham custado cerca de 450 mil milhões de dólares às empresas em todo o mundo", acrescenta o relatório hoje publicado.

Lusa

  • As confissões de Sérgio Conceição: do futuro no FC Porto à zanga com Rui Vitória 
    43:14
  • Marcelo descobre que vê mal "ao longe à esquerda"
    2:05

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa recebeu uma declaração dos médicos contra a despenalização da eutanásia. A audiência ao atual bastonário e cinco antecessores acontece a uma semana do tema ir a debate no Parlamento, e no dia em que o Presidente da República foi a estrela do Dia da Segurança Infantil. Marcelo aproveitou para fazer um rastreio à visão e concluiu que tem que estar "atento", à esquerda, ao longe".

  • PS "vai ficar em banho-maria durante anos" por causa de Sócrates
    0:59

    País

    Miguel Sousa Tavares considera que o PS vai ficar em "banho-maria" durante anos por causa de José Sócrates. Em entrevista na SIC Notícias, o comentador criticou os dirigentes socialistas pela forma como se tentaram demarcar do ex-primeiro-ministro e disse que António Costa devia ter tomado uma atitude mais concreta.

  • Sabia que pode emprestar dinheiro a empresas e ganhar 7% em juros por ano?
    8:05
  • É desta que provam a existência do monstro de Loch Ness?

    Mundo

    Para muitos, o monstro de Loch Ness não passa de uma lenda. A verdade é que a existência ou não desta criatura mística continua a suscitar debates entre aqueles que acreditam e os cépticos. Uma equipa internacional de investigadores quer responder finalmente à questão através da recolha de ADN ambiental do Loch Ness, na Escócia.

    SIC