sicnot

Perfil

Especiais

"É bom que haja alguma vergonha" em relação ao Panama Papers

"É bom que haja alguma vergonha" em relação ao Panama Papers

Para Rui Rio a revelação destes esquemas é importante para que haja "alguma vergonha". No final de uma conferência em Macedo de Cavaleiros, o ex-presidente da Câmara do Porto, e habitualmente crítico da comunicação social, elogiou o trabalho jornalístico.

  • Grupo Espírito Santo esconde saco azul no Panamá durante 21 anos
    1:51

    Panama Papers

    O jornal Expresso, que investiga o escândalo da Mossack Fonseca, revela que o Grupo Espírito Santo escondeu um saco azul no Panamá durante mais 20 anos. Pelas contas do GES no paraíso fiscal podem ter passado mais de 300 milhões de euros. A investigação do Consórcio de Jornalistas revela que Ricardo Salgado e José Manuel Espírito Santo tinham acesso direto às contas offshore mas todo o conselho superior do Grupo podia aceder ao dinheiro.

  • "O grupo Espírito Santo estava assente numa rede de centenas de sociedades offshore"
    5:52

    Panama Papers

    A base de dados utilizada na investigação Panama Papers revela "claramente" que "o grupo Espírito Santo estava assente numa rede de centenas de sociedades offshore", de acordo com o diretor do jornal Expresso. Na noite em que são divulgados os primeiros nomes dos portugueses envolvidos no escândalo, Pedro Santos Guerreiro explicou a complexidade da base de dados que tem cerca de 11 milhões de documentos. Adiantou ainda que contactou todos os envolvidos antes de divulgar os nomes. Manuel Vilarinho, ex-presidente do Benfica, confessou já estar à espera da chamada.

  • A menina síria que relata a guerra no Twitter está bem, diz o pai

    Mundo

    Bana Alabed, a menina síria de 7 anos que conta no Twitter a luta pela sobrevivência e os horrores da guerra em Alepo, teve de abandonar a sua casa que foi bombardeada mas está bem, disse hoje o seu pai à Agência France Press. A conta esteve fechada domingo, mas foi entretanto reativada e tem hoje uma nova publicação de Bana.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.