sicnot

Perfil

O caminho mais longo para o Alasca

O caminho mais longo para o Alasca

Três jovens portugueses estão juntos numa volta ao mundo e, sempre que possível, andam à boleia. Começaram em novembro, em Londres, e já passaram em 12 países.

  • "Chovia torrencialmente e ele deixou-nos no único local onde havia um telhado para dormir, a lixeira"

    O caminho mais longo para o Alasca

    Deixámo-los em Bali, na Indonésia. Na Austrália e Nova Zelândia deu-se o ponto de viragem no percurso. Voltaram a comunicar em inglês e o desafio era não gastar um único dólar em transportes. Pelo caminho separaram-se e reencontraram-se. Viveram momentos difíceis entre aborígenes australianos e, um deles, teve que esperar que uma mulher desse à luz para seguir caminho. Apanharam boleias de ambulâncias e de carros do lixo. Chegaram mesmo a dormir numa lixeira local. São estas, entre muitas experiências que, dizem, os vão enriquecendo.

  • "Jantámos porco, arroz e sapos"

    O caminho mais longo para o Alasca

    Novembro de 2015. Fernando Vaz e João Pedro Carvalho partiram de Lisboa e Alex Bissell da Escócia. Encontraram-se em Londres. O primeiro destino dos três amigos era o Sri Lanka. A partir daí, seguiu-se a Tailândia, o Laos, Vietname, Cambodja e Myanmar. Em cada lugar, pelo menos uma história têm para contar. Uma das mais marcantes foi uma viagem pela selva do Laos. Andaram perdidos, eles e os guias. Choraram e riram. Acabaram a noite a dormir em folhas de bananeiras e a comer sapos.

  • Os viajantes

    O caminho mais longo para o Alasca

    Alex Bissell, João Pedro Carvalho e Fernando Vaz têm 22 anos e são amigos há mais uma década. Consideraram esta a altura certa para uma pausa antes da entrada no mercado de trabalho. Decidiram entrar juntos numa aventura: viajar pelo mundo à boleia. Os planos de viagem acabam por ser alterados, alguns desvios são feitos e, por vezes, separam-se. Porque se um quer fazer surf ou mergulho numa praia australiana, não há que impedir o outro de conhecer Myanmar ou a Ilha de Páscoa.

  • A viagem

    O caminho mais longo para o Alasca

    The Longest Way to Alaska é a viagem de três jovens portugueses. Estão juntos numa volta ao mundo e, sempre que possível, andam à boleia. Começaram em novembro, em Londres, e já passaram em 12 países. De Inglaterra ao Sri Lanka, de Myanmar ao Laos, sem esquecer a Austrália, a Nova Zelândia, os EUA e a Islândia. Têm vivido histórias surpreendentes com pessoas que, provavelmente, nunca voltarão a encontrar. Ou, quem sabe, talvez as encontrem do outro lado do mundo.