sicnot

Perfil

Acidente aéreo na Colômbia

Acidente aéreo na Colômbia

Acidente aéreo na Colômbia

Chapecoense recebe quarta-feira troféu da Taça Sul-Americana

© Paulo Whitaker / Reuters

A Chapecoense, cujo plantel de futebol foi vítima de um acidente de aviação na Colômbia, vai receber na quarta-feira o troféu da Taça Sul-Americana durante o sorteio da Taça dos Libertadores de 2017.

A entrega do troféu por parte da Conmebol surge na sequência de um pedido do Atlético Nacional, da Colômbia, a 05 de dezembro, para que o seu adversário brasileiro fosse consagrado, desejo que foi aceite a agora será cumprido oficialmente.

O acidente ocorreu a 28 de novembro, quando o avião que transportava o clube brasileiro para o desafio da primeira mão da final da prova caiu em Cerro Gordo, a 17 quilómetros do aeroporto de Medellín, supostamente por falta de combustível: morreram 71 dos 77 ocupantes.

Entre as vítimas mortais estavam quase todos os jogadores da Chapecoense, bem como dirigentes e jornalistas que a acompanhavam.

Durante o sorteio, o Atlético Nacional vai receber o prémio Fair Play Centenário Conmebol, sendo encarado como o vice-campeão.

"O reconhecimento a estes dois grandes clubes sul-americanos demonstra a grandeza do nosso futebol e recorda-nos a importância do valor do espírito da paz, da compreensão e o jogo limpo entre adversários", disse o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez.

Lusa

  • Espanha e Portugal a um ponto dos oitavos

    Mundial 2018 / Irão

    A Espanha colocou-se esta quarta-feira a um ponto dos oitavos de final do Mundial 2018 e deixou Portugal em situação idêntica, ao vencer o Irão por 1-0, em jogo do grupo B, disputado em Kazan.

  • E vão quatro de Ronaldo
    1:58
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Lançamento de balões no São João do Porto em risco

    País

    Lançar balões nas festas do São João do Porto pode não ser possível este ano, tudo irá depender das condições atmosféricas. A Secretaria de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural admitiu, esta quarta-feira, que está a acompanhar a situação mas que ainda nada está decidido.