sicnot

Perfil

Agressões em Ponte de Sor

Amigo de Ruben Cavaco nega provocação aos irmãos iraquianos

Exclusivo SIC

Amigo de Ruben Cavaco nega provocação aos irmãos iraquianos

A SIC falou com um dos seis jovens que estavam no bar Koppus com Ruben. Tal como os irmãos iraquianos, o jovem admite que se envolveu numa pequena rixa à porta do bar, mas nega que tenha provocado os desacatos.

  • A versão dos filhos do embaixador do Iraque
    11:05

    Agressões em Ponte de Sor

    Haider e Ridha Ali, filhos do embaixador do Iraque em Lisboa, vivem há um ano em Portugal. Um dos gémeos frequenta uma escola de pilotos em Ponte de Sor. Na semana passada o irmão visitou-o. Os dois foram a um bar com amigos. Aquilo que parecia uma noite banal terminou no internamento de um rapaz de 15 anos. Ruben Cavaco ficou entre a vida e a morte. Numa entrevista à jornalista da SIC Sofia Arede, os jovens iraquianos dão a sua versão dos acontecimentos.

  • Agressões a Ruben Cavaco dominam conversas em Ponte de Sor
    3:57

    Agressões em Ponte de Sor

    Vários dias depois da violenta agressão a um jovem, a cidade de Ponte de Sor continua em choque. Os dois suspeitos, que deixaram Ruben Cavaco entre a vida e a morte alegam ter agido em legítima defesa. A repórter da SIC, Ana Peneda Moreira, esteve na localidade para saber como estão a reagir os habitantes da cidade. O tema domina as conversas, mas não são muitas as pessoa que aceitaram falar com a SIC.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.