sicnot

Perfil

Agressões em Ponte de Sor

Advogado de Ruben Cavaco lamenta falta de resposta do Governo iraquiano

O advogado do jovem alegadamente agredido em Ponte de Sor por dois irmãos iraquianos lamentou hoje que o Governo do Iraque ainda não se tenha pronunciado sobre o levantamento da imunidade diplomática.

"Continua tudo como estava. O Governo Iraquiano pediu um prazo de quinze dias para se pronunciar, o prazo esgotou na sexta-feira e não há respostas", disse Santana-Maia Leonardo, advogado do jovem agredido, Ruben Cavaco, de 16 anos, em declarações à agência Lusa.

O ministro dos Negócios Estrangeiros iraquiano garantiu no dia 23 de setembro que o país não se oponha à investigação aos filhos do seu embaixador em Lisboa e que um enviado decidiria o levantamento da sua imunidade nas próximas duas semanas.

"O meu colega iraquiano disse que não se oporão a qualquer exigência da lei para que a investigação possa ser concluída", disse na altura em Nova Iorque o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, no final de uma reunião com o seu homologo iraquiano, Ibrahim Al-Jaafari.

Santana- Maia Leonardo lamenta o impasse que se vive nesta altura em redor desta questão, acrescentando ainda que o Governo do Iraque tem uma "certa obrigação moral" de justificar ao Governo Português o atraso na sua resposta.

Contactada pela Lusa, fonte da família de Ruben Cavaco disse que "ainda têm esperança" que seja levantada a imunidade diplomática aos dois irmãos nos próximos dias, apesar de já ter esgotado o prazo que foi estipulado pelo Governo do Iraque.

No dia 17 de agosto, Ruben Cavaco foi agredido em Ponte de Sor, no distrito de Portalegre, alegadamente pelos filhos do embaixador do Iraque em Portugal, gémeos de 17 anos.

O jovem alentejano sofreu múltiplas fraturas, tendo sido transferido no mesmo dia do centro de saúde local para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, tendo chegado a estar em coma induzido. O jovem acabou por ter alta hospitalar no passado dia 2.

Os dois rapazes suspeitos da agressão são filhos do embaixador iraquiano em Portugal, Saad Mohammed Ali, e têm imunidade diplomática, ao abrigo da Convenção de Viena.

Lusa

  • Mãe diz que Ruben Cavaco perdeu a alegria e ainda tem falhas de memória
    7:29

    Agressões em Ponte de Sor

    O jovem espancado há pouco mais de um mês em Ponte de Sor diz que não aceita um pedido de desculpas. Ruben Cavaco deu a primeira entrevista à SIC, na qual identificou os agressores e disse que espera que se faça justiça. Ruben Cavaco não tem saído de casa e não recuperou toda a memória. Aconselhado a não responder a algumas questões, o jovem afirmou que os amigos não provocaram confusão, como os filhos do embaixador tinham dito anteriormente. Já a mãe diz que o filho perdeu a alegria. Veja aqui a entrevista exclusiva a Ruben Cavaco.

  • Primeiro-ministro agradece sacrifícios dos portugueses
    0:46

    Economia

    O primeiro-ministro diz que os números do INE em relação ao défice de 2016 são prova de que havia uma alternativa e deixou uma palavra de agradecimento aos portugueses. As declarações de António Costa foram feiras aos jornalistas em Roma, onde se encontra para assinalar no sábado os 60 anos da União Europeia.

  • Jerónimo diz que UE vai continuar a causar constrangimentos a Portugal
    0:35

    Economia

    Esta sexta-feira na inauguração de uma exposição em Almada que denuncia a precariedade dos postos de trabalho, Jerónimo de Sousa falou sobre o défice de 2016. Para o secretário-geral do PCP, apesar do Governo ter ido além do exigido por Bruxelas, a União Europeia vai continuar a impedir Portugal de crescer.

  • Enfermeiros desconvocam greve

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) desconvocou esta sexta-feira a greve geral nacional marcada para quinta e sexta-feira da próxima semana, anunciou o presidente da estrutura, justificando com os compromissos assumidos pelo Ministério da Saúde.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33

    País

    O Comissário Europeu da Saúde defende uma proibição total do consumo de tabaco no espaço público. Esta e outras medidas foram defendidas, ontem, na Conferência Tabaco e Saúde da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

  • Visitar o Titanic vai custar 97 mil euros por pessoa

    Mundo

    Uma viagem a bordo do Titanic em 1912 era considerada uma viagem de luxo. Mais de 100 anos depois, continua a ser um luxo visitar o Titanic. Em 2018, vai ser possível conhecer os restos daquele que em tempos foi o maior navio do mundo. Contudo, nem todos vão poder fazê-lo, pois a viagem irá custar cerca de 97 mil euros por pessoa.