sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Cavaco Silva envia condolências a chefes de Estado espanhol e alemão

O Presidente da República enviou hoje mensagens de condolências ao rei de Espanha e ao chefe de Estado alemão pelas vítimas do acidente aéreo nos Alpes franceses, manifestando o seu pesar, consternação e "sentida solidariedade".

© Robert Pratta / Reuters

© Robert Pratta / Reuters

Nas duas mensagens, de teor idêntico e que foram divulgadas no 'site' da Presidência da República, o chefe de Estado português, Aníbal Cavaco Silva, diz ter sido com consternação que tomou conhecimento da queda de um avião esta manhã, em França, e "da perda trágica de um elevado número de vítimas" de nacionalidade espanhola e alemã.

Nas missivas, Cavaco Silva transmite ainda sentimentos do seu pesar e "sentida solidariedade" para com os povos espanhol e alemão.

O Airbus A320 da companhia de baixo custo alemã Germanwings partiu hoje de manhã de Barcelona com destino a Düsseldorf, mas despenhou-se nos Alpes franceses, num local de muito difícil acesso, a cerca de 2.000 metros de altitude, perto da localidade de Barcelonnette, na região de Digne-les-Bains (sul de França).

As autoridades francesas confirmaram a morte de todas as 150 pessoas que estavam a bordo, 144 passageiros e seis tripulantes.

 






Lusa
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Sondagem prevê vitória de Basílio em Sintra e de Bernardino em Loures
    3:03
  • Menina mexicana encontrada viva sob os escombros nunca existiu
    2:24

    Mundo

    As autoridades mexicanas desmentiram a existência de uma menina de 12 anos sob os escombros da escola da capital. Frida Sofia afinal não existe e ainda ninguém assumiu quem fez circular a notícia. O sismo de magnitude 7,1 fez mais de 290 mortos e mais de 40 pessoas continuam desaparecidas.