sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Cavaco Silva envia condolências a chefes de Estado espanhol e alemão

O Presidente da República enviou hoje mensagens de condolências ao rei de Espanha e ao chefe de Estado alemão pelas vítimas do acidente aéreo nos Alpes franceses, manifestando o seu pesar, consternação e "sentida solidariedade".

© Robert Pratta / Reuters

© Robert Pratta / Reuters

Nas duas mensagens, de teor idêntico e que foram divulgadas no 'site' da Presidência da República, o chefe de Estado português, Aníbal Cavaco Silva, diz ter sido com consternação que tomou conhecimento da queda de um avião esta manhã, em França, e "da perda trágica de um elevado número de vítimas" de nacionalidade espanhola e alemã.

Nas missivas, Cavaco Silva transmite ainda sentimentos do seu pesar e "sentida solidariedade" para com os povos espanhol e alemão.

O Airbus A320 da companhia de baixo custo alemã Germanwings partiu hoje de manhã de Barcelona com destino a Düsseldorf, mas despenhou-se nos Alpes franceses, num local de muito difícil acesso, a cerca de 2.000 metros de altitude, perto da localidade de Barcelonnette, na região de Digne-les-Bains (sul de França).

As autoridades francesas confirmaram a morte de todas as 150 pessoas que estavam a bordo, 144 passageiros e seis tripulantes.

 






Lusa
  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.