sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Lista de nomes dos ocupantes do Airbus A320 não inclui portugueses

A lista dos passageiros a bordo do avião Airbus A320, que se despenhou esta terça-feira no sul de França, não inclui o nome de nenhum português, declarou à agência Lusa o secretário de Estado das Comunidades. 

À medida que as famílias vão sendo contactadas, "vão recolhendo os dados das pessoas e podem verificar se essas pessoas têm alguma nacionalidade que não aquela que o nome evidencia", esclareceu o secretário de Estado das Comunidades.

À medida que as famílias vão sendo contactadas, "vão recolhendo os dados das pessoas e podem verificar se essas pessoas têm alguma nacionalidade que não aquela que o nome evidencia", esclareceu o secretário de Estado das Comunidades.

Lusa

"Da consulta da lista de passageiros não é evidente a presença de qualquer português, ou seja, não há nenhum nome português", afirmou José Cesário, acrescentando aguardar que, "no caso de algum daqueles nomes ter nacionalidade portuguesa", lhe seja dada a informação. 

À medida que as famílias vão sendo contactadas, "vão recolhendo os dados das pessoas e podem verificar se essas pessoas têm alguma nacionalidade que não aquela que o nome evidencia", esclareceu o secretário de Estado. 

"Só nos avisarão se houver algum português. Até ao momento, não nos foi dito nada, pelo que se mantém a ideia de que pode não haver ninguém", concluiu José Cesário.

O Airbus A320 da companhia de baixo custo alemã Germanwings partiu hoje de manhã de Barcelona, com destino a Düsseldorf, mas despenhou-se nos Alpes franceses, a cerca de 2.000 metros de altitude, perto da localidade de Barcelonnette, na região de Digne-les-Bains (sul de França), não tendo sobrevivido nenhum dos 150 ocupantes do aparelho.
Lusa
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.