sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

O que aconteceu nos Alpes?

O que aconteceu nos Alpes?

O avião da companhia low-cost Germanwings caiu nos Alpes franceses com 150 pessoas a bordo, durante o percurso entre Barcelona e Düsseldorf. Sobre as causas do acidente, há apenas interrogações. Porque é que o avião esteve oito minutos numa descida aparentemente controlada? Será que os pilotos não sabiam o que estava acontecer? E porque razão não foi comunicada qualquer anomalia? Com a escassa informação disponível, o repórter da SIC Luís Manso reconstitui o filme dos acontecimentos.

  • Primeiros dados da caixa negra podem ser conhecidos hoje
    2:41

    Mundo

    A Procuradoria de Marselha prevê que possam ser conhecidos hoje à tarde os primeiros resultados da análise à caixa negra recuperada no local do acidente do avião da Germanwings, que se despenhou nos Alpes franceses na terça-feira. Recomeçaram esta manhã cedo as operações de busca e recolha de cadáveres e destroços. Os trabalhos estão a ser ainda mais dificultados porque nevou durante a noite, tornando o piso ainda mais escorregadio e de dificil acesso.

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.