sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Copiloto sofreu "depressões e ataques de ansiedade" durante a formação

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, afirmou hoje que os primeiros dados da investigação ao desastre do Airbus A-320 da Germanwings nos Alpes franceses apontam para um comportamento "louco, incompreensível" do copiloto. Andreas Lubitz, 27 anos, procurou ajuda psiquiátrica para um "surto de depressão agudo" em 2009 e continuava a ter acompanhamento médico. Os registos do piloto serão analisados hoje por especialistas alemães antes de serem entregues aos investigadores franceses.

Andreas Lubitz na Meia Maratona Airportrace em Hamburgo, em setembro de 2009 (Reuters/ Arquivo)

Andreas Lubitz na Meia Maratona Airportrace em Hamburgo, em setembro de 2009 (Reuters/ Arquivo)

© Stringer . / Reuters

"Há que esperar pelo final da investigação, ainda que quinta-feira o Procurador tenha dado elementos suficientes para que possamos pensar que este ato louco, incompreensível, horrível, esteja na origem do embate" na montanha, disse Manuel Valls à cadeia "i-télé".


A Procuradoria de Marselha, após o exame da gravação de áudio da caixa negra recuperada e que guarda os registos de voz dentro da cabine, revelou que o copiloto tinha, deliberadamente, provocado a queda do avião.


"Tudo se orienta para esse gesto inqualificável: criminoso, louco, suicida. Como imaginar que um piloto em quem se tem toda a confiança (...) precipita um avião contra a montanha depois de ter bloqueado a porta impedindo que o comandante volte a entrar", disse Valls.


O chefe do Governo francês salientou ainda que cabe agora à empresa alemã Lufthansa, proprietária da Germanwings, proporcionar toda a informação do copiloto.


Andreas Lubitz recebia assistência regular na medicina privada


De acordo com o diário alemão Bild, que cita documentos do regulador alemão, o Luftfahrtbundesamt (LBA), o copiloto procurou ajuda psiquiátrica para um "surto de depressão agudo" em 2009 e continuava a ser assistido pelos médicos.


Andreas Lubitz recebia assistência regular na medicina privada, acrescenta o Bild ao salientar que a Lufthansa, proprietária da Germanwings, prestou essa informação ao regulador.


Carsten Spohr, administrador delegado da Lufthansa tinha dito que Andreas Lubitz suspendera a sua formação de piloto, que começara em 2008, "durante um determinado período", mas não prestou mais detalhes.


Depois o copiloto continuou a formação e ficou habilitado para voar Airbus A-320 em 2013. Durante a formação, contudo, o jovem piloto sofreu "depressões e ataques de ansiedade".


Os registos do piloto serão analisados hoje por especialistas alemães antes de serem entregues aos investigadores franceses.


Com Lusa

  • Explosão próximo do aeroporto de Damasco

    Mundo

    A televisão do movimento xiita libanês Hezbollah, aliado do regime sírio, noticiou hoje que a explosão ocorrida esta madrugada perto do aeroporto de Damasco "foi provavelmente" resultado de um ataque israelita contra depósitos de combustível.

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Macron e Le Pen em troca de acusações
    2:16

    Eleições França 2017

    A campanha eleitoral para a segunda volta em França ficou esta quarta-feira marcada por uma troca de acusações entre os dois candidatos. De visita a uma fábrica em risco de encerramento, Le Pen prometeu que se for eleita salvará os 300 postos de trabalho. Emmanuel Macron acusou a candidata da extrema-direita de aproveitamento político.

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • "Esta moda bizarra de não vacinar crianças tem tido estas consequências"
    1:43

    Surto de sarampo

    Há mais um caso de sarampo registado pela Direção-Geral da Saúde, no total já são 25. Francisco George garantiu que a situação não é preocupante para as crianças em idade escolar e recomendou uma discussão parlamentar sobre a vacinação. Mais de 11 mil pessoas já assinaram uma petição pública a defender a vacinação obrigatória. 

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e a organização espera ter 60 mil participantes.