sicnot

Perfil

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita suspende todos os voos com destino e origem no Irão

A autoridade geral da aviação civil saudita anunciou hoje a suspensão de todos os voos com destino e origem no Irão, após a decisão de Riade de romper as relações diplomáticas com Teerão.

Ronald Zak

De acordo com a agência oficial saudita SPA, que divulgou a informação, as companhias aéreas do reino sunita vão ainda tomar as medidas necessárias para evitar prejudicar os passageiros que já reservaram voos.

No domingo a Arábia Saudita rompeu as relações diplomáticas com o Irão após os ataques no sábado à embaixada saudita em Teerão e ao consulado na cidade iraniana de Mashhad, na sequência da execução no sábado do clérigo xiita saudita Nimr Baqer al-Nimr.

Os governos do Bahrein e do Sudão associaram-se à decisão de romper relações com o Irão, enquanto o executivo dos Emirados Árabes Unidos reduziu a sua representação diplomática no Irão em solidariedade com Riade e limitou a sua presença no país ao nível de encarregado de negócios.

A morte de Al-Nimr, executado com outros 46 detidos, suscitou uma vaga de críticas e condenações por parte da comunidade xiita do Médio Oriente, e diversos distúrbios em países com população xiita, incluindo no vizinho Bahrein e na província saudita de al Qatif, de onde era natural.

Na noite de domingo, pelo menos um homem foi morto e uma criança ferida durantes protestos em al-Awamiyah, a localidade de onde nasceu.

Os países árabes do Golfo acusaram reiteradamente o Irão de interferir nos seus assuntos internos e de apoiar a oposição xiita que pede mais direitos e denuncia sistematicamente a repressão face à sua comunidade por parte das autoridades sunitas.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.