sicnot

Perfil

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita-Irão

Corte de relações entre Arábia Saudita e Irão faz subir preço do petróleo

Os preços do petróleo subiram hoje na Ásia depois de o 'rei' do crude, a Arábia Saudita, ter cortado relações diplomáticas com o Irão, após a execução de um líder religioso xiita.

© Antonio Bronic / Reuters

© Antonio Bronic / Reuters

O ministro dos Negócios Estrangeiros saudita, Adel al-Jubeir, disse que os diplomatas iranianos tinham 48 horas para deixar o reino, com o líder supremo do Irão a afirmar que a Arábia Saudita enfrentaria "rápidas consequências" pela execução do clérigo.

Pelas 02:30, o índice do barril de referência dos Estados Unidos (West Texas Intermediate - WTI), para entrega em fevereiro, subia 48 cêntimos, ou 1,30%, para 37,52 dólares, e o barril de Brent, também para fevereiro, valorizava 1,64% para 37,89 dólares.

"O petróleo começou o ano em recuperação, com os mercados asiáticos a reagirem a receios de que as tensões geopolíticas no Médio Oriente possam ameaçar o fornecimento de petróleo", disse Bernard Aw, da IG Markets de Singapura.

Lusa

  • "Tudo o que o Benfica está a fazer é uma forma de coação"
    1:59
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    As queixas do Benfica contra a Federação Portuguesa de Futebol e a Liga foram tema de debate no Play-Off da SIC Notícias. Rodolfo Reis, Manuel Fernandes e Rui Santos acreditam que a posição está relacionada com o clássico Benfica-Porto do próximo sábado. Já João Alves considera que estes comunicados podem prejudicar o Benfica.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41
  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.