sicnot

Perfil

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita-Irão

Corte de relações entre Arábia Saudita e Irão faz subir preço do petróleo

Os preços do petróleo subiram hoje na Ásia depois de o 'rei' do crude, a Arábia Saudita, ter cortado relações diplomáticas com o Irão, após a execução de um líder religioso xiita.

© Antonio Bronic / Reuters

© Antonio Bronic / Reuters

O ministro dos Negócios Estrangeiros saudita, Adel al-Jubeir, disse que os diplomatas iranianos tinham 48 horas para deixar o reino, com o líder supremo do Irão a afirmar que a Arábia Saudita enfrentaria "rápidas consequências" pela execução do clérigo.

Pelas 02:30, o índice do barril de referência dos Estados Unidos (West Texas Intermediate - WTI), para entrega em fevereiro, subia 48 cêntimos, ou 1,30%, para 37,52 dólares, e o barril de Brent, também para fevereiro, valorizava 1,64% para 37,89 dólares.

"O petróleo começou o ano em recuperação, com os mercados asiáticos a reagirem a receios de que as tensões geopolíticas no Médio Oriente possam ameaçar o fornecimento de petróleo", disse Bernard Aw, da IG Markets de Singapura.

Lusa

  • "O euro como o conhecemos é uma construção imperfeita"
    1:26

    Economia

    O primeiro-ministro diz que o euro como o conhecemos é uma construção imperfeita e que sem regras iguais para todos não é possível a reforma da moeda única. As declarações de António Costa foram feitas esta terça-feira, em Lisboa, numa conferência intitulada de "Consolidar o Euro. Promover a Convergência".

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.