sicnot

Perfil

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita-Irão

Irão revela nova base subterrânea de mísseis

A televisão iraniana exibiu hoje as imagens de uma nova base subterrânea que contém mísseis com um alcance de 1.700 quilómetros, num contexto de tensões com os Estados Unidos, que admitem sanções relacionadas com o programa balístico de Teerão.

© Heinz-Peter Bader / Reuters

As imagens, difundidas pela televisão estatal Irib, mostram o presidente do parlamento, Ali Larijani, no início de uma visita a uma base subterrânea com diversos tipos de armamento, incluindo mísseis Emad.

A televisão não revelou a localização desta base subterrânea.

Em outubro, o Irão efetuou pelo menos um ensaio com sucesso deste tipo de mísseis que, segundo peritos da ONU, constituiu uma violação de uma resolução aprovada em 2010 e que proíbe a utilização pelo Irão de mísseis balísticos, pelo receio de que possam ser munidos de uma ogiva nuclear.

O Irão sempre negou pretender garantir armamento nuclear e afirma que os seus mísseis não são concebidos para integrar esse tipo de bomba.

Larijani indicou que, na apresentação do próximo plano quinquenal, o parlamento vai apoiar o reforço do programa balístico, defendido pelo Presidente Hassan Rohani.

Na quinta-feira, o chefe de Estado iraniano denunciou as "intervenções hostis e ilegais" dos EUA que acabam de anunciar um novo conjunto de sanções económicas relacionadas com dois recentes ensaios de mísseis pelo Irão, e ainda sem aplicação.

Rohani ordenou ao exército para intensificar o desenvolvimento de mísseis e adotar todas as medidas necessárias para desencadear novos programa que permitam reforçar a defesa do país.

Lusa

  • Admissão de efetivos nas Forças Armadas aquém do pedido pelas chefias
    1:42

    País

    O Ministério das Finanças autorizou a admissão de mais efetivos nas forças armadas, este ano mas a integração fica muito abaixo do número pedido pelas chefias militares. Mário Centeno só terá autorizado a integração de cerca de três mil militares em vez das cinco mil vagas propostas pelas chefias do Exército, Força Aérea e Marinha.

  • Primeiro eclipse solar 100% visível nos EUA em 38 anos
    0:40
  • Pyongyang acusa Washington de atirar "achas para a fogueira"
    1:47

    Mundo

    A Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram esta segunda-feira exercícios militares conjuntos. As manobras militares procuram ensaiar respostas a uma hipotética invasão da Coreia do Norte. Pyongyang já reagiu e diz que Washington está a atirar "achas para a fogueira". 

  • "É muito importante que os EUA mostrem determinação política e militar"
    0:50

    Mundo

    Os exércitos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos iniciaram hoje as manobras anuais numa altura marcada pela recente escalada de tensão entre Pyongyang e Washington. Para Miguel Monjardino, comentador da SIC, estes exercícios militares são encarados como uma provocação para a Coreia do Norte. Monjardino defende que é importante que os EUA mostrem determinação no atual clima de tensão nuclear.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • Morreu o rei da comédia
    2:08

    Cultura

    Um dos grandes nomes do humor norte-americano morreu ontem, aos 91 anos. Jerry Lewis era comediante, ator, argumentista, cantor e realizador. Considerado o rei da comédia, Lewis influenciou diferentes gerações de comediantes e foi defensor de várias causas humanitárias, entre as quais a distrofia muscular.

  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.