sicnot

Perfil

Ataque em Munique

Ataque em Munique

Ataque em Munique

Polícia diz que indícios não apontam para terrorismo islâmico

​A polícia Munique afirmou que o ataque na cidade está a ser tratado como um atentado terrorista para se ativarem todas as unidades disponíveis, mas os indícios não relacionam, para já, com atos de extremismo islâmico.

© Michael Dalder / Reuters

A polícia confirmou a existência de seis mortos no tiroteio e informou que os três presumíveis atacantes continuam em fuga.

Segundo um porta-voz da polícia, há um número indeterminado de feridos, vários dos quais em estado considerado grave.

As forças de segurança concentraram as operações de busca na capital da Baviera, depois de várias testemunhas presenciais indicarem que os três atacantes abandonaram o centro comercial Olympia, onde o tiroteio teve início.

A polícia recebeu o primeiro alerta pelas 17h50 locais (16h50 em Lisboa), mas para um tiroteio nas ruas próximos do centro comercial, situado numa zona residencial e com um total de 135 lojas.

Pouco depois do alerta, a polícia pediu à população, através da sua conta do Twitter, para abandonarem os locais públicos e para não saírem de casa.

Também pediram aos cidadãos para não divulgarem fotos ou vídeos da operação policial em curso, porque podem ajudar os atacantes.

Lusa

  • Vídeo mostra suspeito de tiroteio em Munique a gritar que é alemão

    Mundo

    Um vídeo amador mostra um dos suspeitos do tiroteio em Munique que se escondeu num parque de estacionamento. O homem grita "sou alemão" e "seus malditos turcos". Tudo começou volta das 17:00, em Lisboa, com uma chamada de emergência que dava conta que um homem tinha começado a disparar no centro comercial Olympia, presumivelmente num restaurante de fast food. A polícia da cidade pediu aos habitantes para permanecerem em casa ao mesmo tempo que suspendia o serviço em vários meios de transporte. Na rede social twitter, a polícia admite que não sabe quem são os autores deste tiroteio, fala no plural, pedindo à população para ficar em casa e se estiver na rua para ter cuidado.

  • Barack Obama transmite o seu apoio à Alemanha

    Mundo

    Barack Obama transmitiu apoio à Alemanha no seguimento do tiroteio que ocorreu em Munique, causando pelo menos seis mortos, enquanto fonte oficial dizia que as autoridades já estão a trabalhar para perceber se há cidadãos norte-americanos envolvidos.

  • Dez mortos em tiroteio na Alemanha

    Ataque em Munique

    A polícia alemã foi chamada a intervir num centro comercial em Munique, no sul da Alemanha, após informações sobre uma troca de tiros. O atirador surge num vídeo amador a gritar que é alemão e a dizer "malditos turcos". As autoridades dizem que não há indícios de um ataque islâmico e confirmam que há 10 mortos e 16 feridos. Uma das vítimas mortais tinha 15 anos. Cem testemunhas foram ouvidas pelas autoridades. Foi declarado estado de emergência em Munique.

  • Europol deteve grupo que vendia euros falsos na Darkweb

    Mundo

    A Europol anunciou hoje a detenção de oito pessoas suspeitas de pertencerem a um grupo criminoso considerado como um dos maiores fornecedores de euros falsos vendidos online, no âmbito de uma operação realizada pelas autoridades italianas.