sicnot

Perfil

Ataque em Munique

"Temos que ter consciência que há um inimigo muito forte da Europa"

"Temos que ter consciência que há um inimigo muito forte da Europa"

O general Rodolfo Begonha considera que é necessário ter consciência de que existe um inimigo muito forte na Europa que é o Daesh e que, por isso, os atos de violência em Munique não são surpreendentes.

  • "Assistimos à segunda vaga de ações de terror na Europa"
    6:06

    Mundo

    Álvaro Vasconcelos considera que a Europa está a assistir à segunda vaga de ações de terror, após as que ocorrem nas décadas de 60 e 70. O ex-diretor do Instituto de Segurança da União Europeia explica, no entanto, que estes atos são, agora, muito mais difíceis de prevenir devido à falta de informação sobre as intenções dos ataques.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.