sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Eagles Of Death Metal procuram elementos da banda

A banda Eagles Of Death Metal, que tocava na sexta-feira à noite na sala de Paris atacada por terroristas, informou estar a determinar o paradeiro de todos os elementos da banda e da equipa de apoio.

© Christian Hartmann / Reuters

"Os nossos pensamentos estão com todas as pessoas envolvidas neste trágica situação", lê-se na página oficial da banda no Facebook, horas depois de vários atentados em Paris terem provocado pelo menos 120 mortos, segundo balanços provisórios divulgados pelas autoridades francesas.

Os Eagles Of Death Metal está em tournée pela Europa para promover o seu novo álbum, "Zipper Down" (braguilha aberta), o primeiro do grupo em sete anos, e tem um concerto agendado para Lisboa, a 10 de dezembro.

Pelas 17:00 de sexta-feira, lia-se na página no Facebook da sala de concertos atacada, a Bataclan, que acontecia esta noite um "novo concerto esgotado".

A banda Eagles Of Death Metal é conhecida pelo seu humor, por tocar 'blues-rock' e por trabalhar com grandes nomes da música.

Originária de Palm Street, sul da Califórnia, a banda e tem dois membros principais (Jesse Hughes, 43 anos, e Josh Homme, 42 anos), que são conhecidos pelo seu humor e pelo espírito "sexo, drogas e rock and rol".

Josh Homme, amante de tatuagens e que, no passado, alegou possuir armas de fogo, é também líder do grupo Queens of the Stone Age.

O artista é também conhecido pelo seu lado politicamente incorreto e por utilizar uma linguagem rebuscada com o público.

Lusa

  • O dia em que o Brexit começa
    1:25

    Brexit

    A primeira-ministra britânica já assinou a carta que vai enviar ao Conselho Europeu para formalizar a vontade do Reino Unido de sair da União Europeia. O artigo 50.º do Tratado de Lisboa será ativado nas próximas horas. Na véspera, Theresa May recebeu da Escócia um novo contratempo político.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Governo vai dar mais meios à investigação criminal
    2:34

    País

    A ministra da Justiça garante que o Governo vai dar mais meios à investigação criminal, mas assegura que não vai mexer nos prazos dos inquéritos. A questão tem sido insistentemente levantada pela defesa de José Sócrates, que se queixa de que a Operação Marquês já ultrapassou todos os prazos.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.