sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Governo espanhol avalia possibilidade de reunir-se com PSOE sobre terrorismo

O Governo espanhol quer fazer uma reunião com o principal partido da oposição, os socialistas do PSOE, com quem fez um pacto contra o terrorismo, para analisar a situação dos atentados em Paris.

IAN LANGSDON

Em declarações à televisão nacional espanhol, TVE, o ministro do Interior (Administração Interna) de Espanha afirmou que hoje o executivo de Mariano Rajoy vai avaliar "a oportunidade" de manter um encontro com o PSOE, de Pedro Sánchez, no quadro do pacto antiterrorista assinado em fevereiro entre o presidente do Governo e o líder da oposição.

Espanha terá eleições gerais (o equivalente às legislativas em Portugal) a 20 de dezembro.

O ministro Jorge Fernández Díaz destacou à TVE que o pacto antiterrorista tem sido um instrumento de "grande eficácia e utilidade" permitindo um contacto "muito fluído" entre o Governo e o PSOE nesta mantéria.

Também no sábado, o Governo espanhol vai analisar a necessidade de elevar o nível de alerta antiterrorista para o máximo, na sequência dos atentados terroristas em Paris.

Espanha está atualmente no nível 4 de alerta (numa escala que vai até cinco). O executivo de Mariano Rajoy tinha elevado o alerta para o nível atual após os atentados jihadistas de junho em França, Tunísia, Kuwait e Somália. Este nível 4 indica um "risco alto de atentado" e pressupõe um maior controlo policial, incluindo o policiamento de infraestruturas consideradas críticas.

No início do mês, a polícia espanhola deteve três marroquinos residentes em Madrid, alegadamente vinculados ao Estado Islâmico, suspeitos de estarem a preparar atentados terroristas em território espanhol, nomeadamente na própria capital espanhola.

Os três homens constituíam "um grupo vinculado à organização terrorista DAESH" (acrónimo árabe para o autodenominado Estado Islâmico).

Desde o início do ano, a polícia espanhola já deteve mais de 90 suspeitos jihadistas (mais de 60 em território espanhol e pelo menos 27 noutros países).

O número de jihadistas detidos pelas autoridades espanholas desde os atentados de 11 de março de 2004 na estação de Atocha, em Madrid, ascende a mais de 590.

Vários ataques registados hoje à noite, em Paris, provocaram a morte de pelo menos cem pessoas, segundo fontes policiais.

O Presidente francês, François Hollande, já anunciou o estado de emergência e o encerramento das fronteiras de França na sequência do que classificou de "ataques terroristas sem precedentes" no país.

Lusa

  • Família Aveiro na inauguração do Aeroporto Cristiano Ronaldo
    2:34

    País

    A decisão de dar o nome de Cristiano Ronaldo ao aeroporto da Madeira divide opiniões. Contudo, na cerimónia de inauguração desta quarta-feira só se ouviram aplausos. Os madeirenses juntaram-se à porta do aeroporto para ver e receber o melhor jogador do mundo. Também a família do jogador esteve na Madeira para apoiar Ronaldo.

  • A (polémica) mudança de nome do aeroporto da Madeira
    2:00

    País

    O aeroporto da Madeira é desde esta quarta-feira aeroporto Cristiano Ronaldo. O Presidente da República e o primeiro-ministro estiveram juntos na homenagem ao futebolista. A alteração não é consensual entre os madeirenses.

  • O busto de Ronaldo que virou piada no mundo inteiro
    2:04

    País

    No dia em que foi formalizado o novo nome do aeroporto da Madeira, foi também conhecido o busto em bronze de Cristiano Ronaldo e que, desde logo, começou a provocar reações em todo o mundo. As críticas da imprensa internacional não são propriamente positivas e a internet aproveitou para dar contornos humorísticos à criação.

  • A história de um dos maiores fãs de Cristiano Ronaldo
    5:52

    Desporto

    Um dos maiores fãs de Cristiano Ronaldo não perdeu a oportunidade de se deslocar à Madeira, para conhecer o ídolo e o local onde Cristiano nasceu e cresceu. Lucas Mendes é brasileiro, tem apenas 23 anos e criou a página de fãs de Ronaldo mais seguida no Brasil.

  • Os seus descontos para a Segurança Social estão em ordem?
    7:50
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Os portugueses estão cada vez mais preocupados com a reforma. O valor que se vai receber depende dos descontos que se fizerem para a Segurança Social. Mas há contabilistas que cometem burlas com o dinheiro dos clientes, há esquecimentos, e empresas que deixam de pagar as contribuições por falta de verbas. O Contas Poupança explica-lhe como pode ver neste instante se todos os seus descontos estão nos cofres da Segurança Social, e corrigir algum erro antes que seja tarde demais.

  • "Não há razão para fingirmos que hoje é um dia feliz"
    1:55

    Brexit

    Depois de receber esta quarta-feira a notificação do Brexit, o presidente do Conselho Europeu antecipou negociações difíceis. Donald Tusk diz que agora é preciso minimizar os prejuízos para os cidadãos europeus e para as empresas.

  • "Não há recuo possível"
    2:30

    Brexit

    O processo de saída do Reino Unido da União Europeia começou esta quarta-feira, com a ativação do artigo 50.º do Tratado de Lisboa. A notificação de Theresa May foi feita por carta a Donald Tusk e a primeira-ministra disse que não recuo possível. O processo de negociações levará dois anos e a saída do Reino Unido da União Europeia ficará concluída em 2019.