sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Torre Eiffel, Eurodisney e Louvre encerrados

A Torre Eiffel, o complexo de parques temáticos da Eurodisney e o Museu do Louvre, manterão hoje as portas fechadas, devido à série de atentados na sexta-feira em Paris, que causou pelo menos 127 mortos e 180 feridos.

© Yves Herman / Reuters

Um porta-voz da emblemática "dama de ferro" de Paris disse à agência espanhola Efe que o encerramento do monumento corresponde às medidas decretadas pelo presidente de França, François Hollande, e pelo governo francês.

Os parques Disneyland e Disney Studios, situados na localidade de Marne-la-Vallée, na periferia parisiense, nem sequer abriram hoje ao público.

"À luz dos trágicos acontecimentos ocorridos em França e apoio da nossa comunidade às vítimas destes ataques atrozes, a Disneyland Paris decidiu não abrir os parques temáticos este sábado", anunciou a empresa em comunicado.

Os responsáveis pela empresa acrescentaram que os seus "pensamentos e orações" vão para todos aqueles que foram afetados por estes "horríveis acontecimentos".

O Museu do Louvre, abriu às 09:00 locais e fechou duas horas depois, por ordem do Ministério da Cultura, disse à Efe um responsável, referindo que o número de visitantes não foi elevado durante o tempo em que permaneceu aberto.

Os ataques sucederam-se na sexta-feira após as 21:00 locais (20:00 TMG) em plenos menos seis lugares diferentes de Paris e em torno do Estádio de França, na periferia norte da capital francesa.

O local onde aconteceram mais mortes foi a sala de espetáculos Bataclan, onde pelo menos quatro assaltantes irromperam durante um concerto de rock do grupo norte-americano Eagles of Death e acabaram com a vida de cerca de 80 pessoas num estabelecimento com capacidade para 1.500.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.