sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Encontrado cinto de explosivos nos arredores de Paris

Um cinto, que poderá ser comparado a um cinto de explosivos, foi esta segunda-feira encontrado em Montrouge, nos arredores de Paris, dez dias depois dos ataques, que provocaram a morte a 130 pessoas, disseram fontes policiais.

A operação implicou a formação de um cordão policial naquela área.

A operação implicou a formação de um cordão policial naquela área.

© Eric Gaillard / Reuters

O objeto foi encontrado "ao final da tarde num caixote de lixo", disseram as mesmas fontes.

Segundo fonte ligada à investigação, Salah Abdeslam, irmão de um bombista suicida e suspeito chave dos ataques de dia 13 de novembro, foi localizado por telefone na noite dos atentados próximo de Montrouge, no município vizinho de Châtillon.

Salah Abdeslam, um francês de 26 anos residente na Bélgica, pode ser o único autor direto dos atentados de Paris ainda vivo.

Ativamente procurados pelas autoridades, o homem é suspeito de ter desempenhado, pelo menos, um papel logístico nos assassínios.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.