sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Sexto suspeito de envolvimento nos ataques de Paris acusado na Bélgica

O Ministério Público federal belga acusou esta sexta-feira um sexto suspeito de "atentados terroristas" e de "participação em atividades de um grupo terrorista", no âmbito da investigação dos ataques de 13 de novembro em Paris.

Reuters

Reuters

© Yves Herman / Reuters

"Ontem [quinta-feira] uma pessoa foi detida em Bruxelas para interrogatório. O juiz de instrução manteve o suspeito sob custódia e acusou-o de atentados terroristas e de participação em atividades de um grupo terrorista", indicaram as autoridades federais, em comunicado, sem darem pormenores sobre a identidade do suspeito ou a sua alegada implicação no caso.

Dois outros indivíduos, detidos na quinta-feira em Verviers (leste da Bélgica) durante buscas, foram entretanto libertados, precisou a mesma nota informativa.

Desde o início da investigação dos atentados de 13 de novembro, cinco outros suspeitos já tinham sido acusados e colocados em detenção provisória pela justiça belga, incluindo três homens suspeitos de terem ajudado Salah Abdeslam, suspeito ainda em fuga.

Os atentados do passado dia 13 de novembro em Paris, reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI), provocaram 130 mortos e cerca de 350 feridos.

Lusa

  • Merkel visita Portugal no final de maio

    País

    A chanceler alemã, Angela Merkel, efetua uma visita oficial a Portugal nos dias 30 e 31 deste mês a convite do primeiro-ministro, António Costa. Com passagem por Braga, Porto e Lisboa.

  • "É pesado dizer a miúdos que ainda ontem os pais estavam a ensinar o atar ténis que vão ficar em prisão preventiva"
    2:49
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões destes animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.