sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Sexto suspeito de envolvimento nos ataques de Paris acusado na Bélgica

O Ministério Público federal belga acusou esta sexta-feira um sexto suspeito de "atentados terroristas" e de "participação em atividades de um grupo terrorista", no âmbito da investigação dos ataques de 13 de novembro em Paris.

Reuters

Reuters

© Yves Herman / Reuters

"Ontem [quinta-feira] uma pessoa foi detida em Bruxelas para interrogatório. O juiz de instrução manteve o suspeito sob custódia e acusou-o de atentados terroristas e de participação em atividades de um grupo terrorista", indicaram as autoridades federais, em comunicado, sem darem pormenores sobre a identidade do suspeito ou a sua alegada implicação no caso.

Dois outros indivíduos, detidos na quinta-feira em Verviers (leste da Bélgica) durante buscas, foram entretanto libertados, precisou a mesma nota informativa.

Desde o início da investigação dos atentados de 13 de novembro, cinco outros suspeitos já tinham sido acusados e colocados em detenção provisória pela justiça belga, incluindo três homens suspeitos de terem ajudado Salah Abdeslam, suspeito ainda em fuga.

Os atentados do passado dia 13 de novembro em Paris, reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI), provocaram 130 mortos e cerca de 350 feridos.

Lusa

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Sócrates acusa Cavaco de conspiração
    0:57
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.