sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

França impede entrada a mil pessoas por motivos de segurança

A França impediu a entrada no país a cerca de mil pessoas, alegando que constituíam um perigo para a ordem pública e segurança, anunciou hoje o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, numa visita a Estrasburgo.

© Eric Gaillard / Reuters

"Cerca de mil pessoas" foram impedidas de entrar em território francês desde o restabelecimento dos controlos nas fronteiras por serem consideradas "um risco para a segurança e ordem pública", afirmou o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, durante uma visita a Estrasburgo.

A França tinha restaurado o controlo das fronteiras na sexta-feira, dia 13, horas antes dos atentados, para prevenir a realização de ataques no âmbito da Cimeira do Clima, que começa segunda-feira perto de Paris.

O controlo de fronteiras vai prolongar-se "enquanto a ameaça terrorista assim o exigir", afirmaram as autoridades.

Os atentados de Paris, a 13 de novembro, fizeram 130 mortos e mais de 300 feridos.

Lusa

  • Vítimas dos ataques em Paris foram homenageadas
    3:01

    Ataques em Paris

    Apesar do estado de emergência em França devido aos ataques do passado dia 13 em Paris, foram muitos os que quiseram associar-se à homenagem oficial. Na capital francesa, duas semanas após os atentados, uma cidadã muçulmana pede para não se confundir o Islão com o terrorismo.

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Terra volta a termer no México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,2, na escala de Richter, foi registado às 05h30, hora local, 23h30, em Lisboa. Até ao momento não há registo de vítimas ou danos materiais.

  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04

    Mundo

    O Presidente francês volta hoje a ser alvo de manifestações contra a reforma laboral. Os protestos foram organizados por Jean Luc Melenchon, o candidato da extrema-esquerda que concorreu contra Macron.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.