sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

França calcula 300 milhões em indemnizações às vítimas dos atentados

A França calcula que as indemnizações às vítimas dos atentados de 13 de novembro em Paris e Saint Denis possam chegar aos 300 milhões de euros, dos quais 6,7 milhões já foram pagos, disse a ministra da Justiça francesa.

© Charles Platiau / Reuters

"O fundo de garantia já pagou seis milhões de euros às famílias das vítimas que morreram. E 771 mil euros para despesas de viagem ou estada dos seus familiares, aos feridos e respetivas famílias. O orçamento para a indemnização pode chegar a 300 milhões de euros ", disse Christiane Taubira, numa entrevista publicada hoje no jornal "Le Parisien".

A ministra da Justiça indicou que a ajuda às vítimas esteve centralizada desde a noite dos atentados. Desde então foram recebidas 11.000 chamadas, além de mensagens de texto e de 'emails' nos 120 postos criados para ajudar os familiares das vítimas, afirmou.

Baseados na experiência dos atentados perpetrados em janeiro contra o jornal satírico "Charlie Hebdo", foi criado um número único para centralizar todas as consultas, acrescentou.

"Mas com 130 vítimas apercebemo-nos de que era necessário um centro físico", afirmou a ministra, explicando assim a abertura do centro da Escola Militar em Paris.

Taubira disse que 54 associações de vítimas colaboram com o Estado no acompanhamento do fundo dos afetados.

Lusa

  • Jovem que morreu numa estância de esqui em Espanha sofreu um aneurisma
    1:26
  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira