sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Número de turistas em Paris diminui devido aos atentados

O número de turistas que se hospedaram em estabelecimentos hoteleiros na região de Paris durante o primeiro semestre caiu 6,4% (menos um milhão), face a igual período de 2015, para 14,9 milhões, devido aos atentados terroristas.

Segundo os dados apresentados hoje pelo Comité Regional de Turismo (CRT) e divulgados pela France Info, as descidas mais relevantes foram registadas nos turistas estrangeiros (9,9%), embora tenha sido mais moderada entre os visitantes franceses (3,5%).

De acordo com o CRT, não havia uma queda tão acentuada de turistas desde 2010 e, em termos de dormidas, a descida foi maior, de 8,5%.

A redução do fluxo de turistas resultou numa menor presença em monumentos e museus, como o Arco do Triunfo (menos 34,8%) e Versalhes (menos 16,3%).

Por nacionalidades, entre os que mais reduziram a sua estadia em Paris constam os japoneses (46,2%), russos (35%), italianos (27,7%) e também os Estados Unidos (19,6%).

Esta situação resultou numa quebra da faturação das empresas do setor turístico, que encolheu 749,7 milhões de euros.

O único ponto positivo no semestre foi a subida em 14 pontos do turismo de negócios.

Lusa

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.