sicnot

Perfil

Atentado em Istambul

Atentado em Istambul

Atentado em Istambul

Prisão preventiva para 13 supostos colaboradores do atentado de Istambul

Um tribunal turco decretou a medida de prisão preventiva para 13 pessoas acusadas de terem colaborado na planificação do atentado de Istambul, que provocou na terça-feira 45 mortos e cuja autoria o Governo atribuiu ao Daesh.

Arquivo

Arquivo

© Osman Orsal / Reuters

Segundo a cadeia de televisão CNN Turquia, pelo menos 29 pessoas foram detidas até agora na sequência das investigações ao atentado, que incluem, entre outros, dois cidadãos da Rússia, um do Azerbaijão e outro apátrida mas nascido na Chechénia.

A estação de televisão indicou que foi também detido um empresário turco, depois de se verificar que fez uma chamada a partir de uma cabine telefónica da capital, a última recebida por um dos três "kamikazes" que se fizeram explodir no aeroporto.

Todos os suspeitos negaram qualquer envolvimento no atentado, alegando que os contactos tidos com os terroristas foram "fortuitos" e que desconheciam as suas intenções.

Com Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Milhares de brasileiros protestam na Praia de Copacabana contra Temer
    3:04
  • "Precisamos de uma melhor zona Euro"
    0:30