sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Atentado em Nice provocou 78 mortos

Um camião embateu, esta noite, numa multidão que assistia ao fogo-de-artifício em Nice. As vítimas estavam a festejar o Dia Nacional de França. O motorista da viatura disparou contra a multidão mas foi abatido. Será um homem de 31 anos, natural de Nice, de origem tunisina. Segundo as autoridades francesas, 78 pessoas foram mortas. As autoridades, que falam também de mais de 100 feridos, já consideraram este ataque um atentado e o Presidente da França, François Hollande, vai reunir o gabinete de crise.

© Eric Gaillard / Reuters

O autarca de Nice escreveu na sua conta do Twitter que o condutor de um camião pode ter feito "dezenas de mortos" e pede às pessoas para ficarem em casa.

Christian Estrosi diz que dará mais informações em breve.

Segundo um jornalista da agência noticiosa da AFP, que se encontra no local, o incidente ocorreu na Promenade des Anglais, um local turístico, onde as pessoas estavam concentradas a assistir ao fogo-de-artifício, por ocasião do Dia da Bastilha, feriado nacional em França.

Foi montado um grande perímetro de segurança, segundo a AFP.

"Vimos pessoas a serem atingidas", disse o jornalista da AFP, acrescentando que o incidente ocorreu perto do famoso Hotel Negresco.

As pessoas estavam aterrorizadas e gritavam enquanto fugiam do local. "Foi um caos absoluto", acrescentou.

As imagens televisivas mostram centenas de pessoas a fugir em pânico pelas ruas da cidade.

O terrorismo volta a abater-se sobre França depois dos ataques de Novembro, em Paris, que fizeram 130 mortos.

Atualizado às 02:34

  • Fuzileiros continuam no terreno a ajudar população
    3:03
  • Família Obama de férias na Indonésia

    Mundo

    Das águas claras de Bali aos encantos dos templos de Java, o antigo Presidente norte-americano Barack Obama levou a esposa e as filhas de férias numa aventura de (re)descobertas por um país onde Obama viveu durante quatro anos da sua infância.

    SIC

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44
  • Desacatos no aeroporto de Faro deixam turistas britânicos em terra
    1:46

    País

    Cinco pessoas, que integravam o grupo de turistas britânicos que nos últimos dias causou desacatos em Albufeira, foram ontem impedidas de regressar a Inglaterra. Agressões no aeroporto e desacatos à entrada do avião levaram os comandantes de dois voos a recusar levar aqueles passageiros.