sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Atentado em Nice provocou 78 mortos

Um camião embateu, esta noite, numa multidão que assistia ao fogo-de-artifício em Nice. As vítimas estavam a festejar o Dia Nacional de França. O motorista da viatura disparou contra a multidão mas foi abatido. Será um homem de 31 anos, natural de Nice, de origem tunisina. Segundo as autoridades francesas, 78 pessoas foram mortas. As autoridades, que falam também de mais de 100 feridos, já consideraram este ataque um atentado e o Presidente da França, François Hollande, vai reunir o gabinete de crise.

© Eric Gaillard / Reuters

O autarca de Nice escreveu na sua conta do Twitter que o condutor de um camião pode ter feito "dezenas de mortos" e pede às pessoas para ficarem em casa.

Christian Estrosi diz que dará mais informações em breve.

Segundo um jornalista da agência noticiosa da AFP, que se encontra no local, o incidente ocorreu na Promenade des Anglais, um local turístico, onde as pessoas estavam concentradas a assistir ao fogo-de-artifício, por ocasião do Dia da Bastilha, feriado nacional em França.

Foi montado um grande perímetro de segurança, segundo a AFP.

"Vimos pessoas a serem atingidas", disse o jornalista da AFP, acrescentando que o incidente ocorreu perto do famoso Hotel Negresco.

As pessoas estavam aterrorizadas e gritavam enquanto fugiam do local. "Foi um caos absoluto", acrescentou.

As imagens televisivas mostram centenas de pessoas a fugir em pânico pelas ruas da cidade.

O terrorismo volta a abater-se sobre França depois dos ataques de Novembro, em Paris, que fizeram 130 mortos.

Atualizado às 02:34

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Castelo Branco aposta na cultura para preservar raízes e fomentar turismo
    5:26

    SIC 25 Anos

    Com perto de 200 mil habitantes, o distrito de Castelo Branco luta para criar projetos diferenciadores para atrair e ancorar a população. O desemprego tem vindo a baixar, numa região fortemente envelhecida. A capital do distrito aposta na cultura para preservar as raízes e fomentar o turismo, e a Universidade da Beira Interior tem cada vez mais alunos estrangeiros.