sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Alemanha reforça segurança na fronteira com a França

​A polícia federal alemã reforçou hoje os controlos de segurança na fronteira com a França, assim como nos aeroportos da Alemanha e ligações ferroviárias transfronteiriças, depois da morte de 84 pessoas no atentado de quinta-feira, em Nice.

© Wolfgang Rattay / Reuters

As autoridades alemãs coordenaram esforços com as forças de segurança francesas, mas os detalhes da operação de segurança não foram avançados por razões operacionais, pode ler-se no comunicado divulgado pela polícia federal alemã.

Entre as vítimas do ataque de Nice estão três alemães, noticiou o jornal Die Welt, acrescentando que se trata de um professor e dois alunos que se encontravam no sul da França para uma visita de estudo.

De acordo com fontes do departamento de Educação da Alemanha da cidade de Berlim, na quinta-feira estavam em Nice alunos de seis escolas berlinenses, escreveu o jornal alemão.

Na quinta-feira à noite, um homem de origem franco-tunisina conduziu um camião contra uma multidão que se encontrava na avenida marginal de Nice a assistir ao fogo-de-artifício de celebração de o dia nacional de França, que assinala a Tomada da Bastilha, tirando a vida a 84 pessoas e ferindo mais de 100.

As autoridades francesas consideram estar perante um atentado terrorista, mas a autoria do ataque ainda não foi reivindicada.

O Presidente francês, François Hollande, decretou três dias de luto nacional, de sábado a segunda-feira, e prolongou o estado de emergência no país por mais três meses que vigora desde o ano passado.

Com Lusa

  • 10 Minutos com Leonor Beleza
    10:27

    10 Minutos

    A nossa convidada desta segunda-feira ainda é conhecida por ter sido ministra da Saúde e pelo seu trabalho à frente da Fundação Champalimaud. Mas desta vez vamos falar com Leonor Beleza sobre os 40 anos da revisão do Código Civil, em que esteve envolvida.

    Entrevista completa