sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Conselho de Segurança da ONU condena "ataque terrorista bárbaro"

O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou hoje o "ataque terrorista bárbaro e cobarde" de quinta-feira em Nice, sul de França, em que morreram pelo menos 84 pessoas.

© ERIC THAYER / Reuters

Numa declaração unânime, os 15 países membros do Conselho de Segurança da ONU expressam ainda "a sua profunda simpatia e condolências" às famílias das vítimas e ao Governo francês.

O Conselho de Segurança reafirma que o terrorismo é uma das mais sérias ameaças à paz e segurança mundiais.

"Qualquer ato de terrorismo é criminoso e injustificado", lê-se na declaração.

Um camião atingiu na quinta-feira à noite uma multidão em Nice que assistia a um fogo-de-artifício para celebrar o dia de França.

O último balanço aponta para 84 mortos e uma centena de feridos, 18 dos quais em estado crítico.

O condutor do camião foi abatido pela polícia e o ataque ainda não foi reivindicado.

Com Lusa

  • Atentado em Nice

    New Articles

    França voltou a ser vítima de um ataque. Em plena celebração do dia da Batilha, um camião foi de encontro a uma multidão em Nice. Mais de 80 pessoas morreram.

  • O momento em que o camião avança contra a multidão
    0:28

    Atentado em Nice

    Um camião embateu, esta noite, numa multidão que assistia ao fogo-de-artifício em Nice. As vítimas estavam a festejar o Dia Nacional de França. O motorista da viatura disparou contra a multidão mas foi abatido. Será um homem de 31 anos, natural de Nice, de origem tunisina. Segundo as autoridades francesas, 80 pessoas foram mortas. O vídeo mostra o momento em que o camião avança contra a multidão.

  • Pelo menos 84 mortos e mais de 100 feridos no ataque em Nice
    0:55

    Atentado em Nice

    A França voltou a ser vítima de um ataque terrorista, ontem à noite. Em plena celebração do Dia da Bastilha, um camião foi de encontro a uma multidão que assistia ao fogo de artifício, numa das principais avenidas de Nice. O condutor disparou várias vezes antes de ser abatido. Pelo menos 84 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas, 18 delas em estado grave, segundo o último balanço.

  • Uma viagem pela Estrada Nacional 236
    2:52
  • A reconstrução depois da tragédia de Pedrógão
    2:43
  • Aquarius foi um "antes e depois"
    3:26