sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Português protegeu-se do camião atrás de um banco e conseguiu fugir com a família

Português protegeu-se do camião atrás de um banco e conseguiu fugir com a família

João Ribeiro é português e reside em Nice. Conta que estava na praia a ver o fogo de artifício e que, a 30 metros, viu um camião a avançar contra a multidão. Protegeu-se atrás de um banco de ferro e conseguiu fugir com a esposa e o filho de dois anos.

  • "A França está em guerra"
    3:55

    Atentado em Nice

    Um camião embateu numa multidão que assistia ao fogo-de-artifício em Nice. As vítimas estavam a festejar o Dia Nacional de França. O General Rodolfo Begonha lembra que "a França está em guerra" e que este tipo de ataques têm como objetivo perturbar os ajuntamentos de pessoas.

  • Português estava no local do ataque
    10:43

    Atentado em Nice

    Cláudio Costa é português, mora há vários anos em Nice e estava na faixa por onde o camião entrou momentos antes deste ter embatido na multidão. No momento do embate, o português tinha passado para a outra faixa para ir ter com amigos. O jovem esteve a cerca de 5/10 metros do camião. Cláudio Costa descreve o que viu nos momentos seguintes ao atentado.

  • "Há famílias inteiras entre as vítimas"
    3:22

    Atentado em Nice

    O adjunto do Presidente da Câmara de Nice, Laureano Azinheirinha, confirmou ao jornalista do Expresso Daniel Ribeiro que "há famílias inteiras entre as vítimas". Toda a região foi posta em alerta vermelho, as pessoas são convidadas a permanecer em casa e a colaborar com as autoridades. O jornalista diz que neste momento Nice está quase em estado de "recolher obrigatório".

  • Português descreve cenário em Nice depois do atentado
    3:57

    Atentado em Nice

    Paulo Gonçalves é português e mora em França desde 1991. O emigrante estava a ver o fogo de artifício e descreve o cenário instalado em Nice depois de um camião ter embatido uma multidão e ter feito, pelo menos, 76 mortos e mais de 100 feridos. Depois deste atentado, o português admite que voltar a Portugal poderá ser uma opção por se sentir inseguro em França.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.