sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Parlamento unânime na condenação e pesar pelo atentado em Nice

O parlamento foi hoje unânime na aprovação de um voto de condenação e pesar pelo atentado com um camião em Nice, França, que provocou 84 mortos no Dia Nacional de França, 14 de julho.

© Eric Gaillard / Reuters

Na última sessão plenária da I sessão legislativa da XIII Legislatura antes das férias de verão, todos os grupos parlamentares votaram favoravelmente, na presença do embaixador francês em Lisboa, guardando em seguida um minuto de silêncio em memória das vítimas.

"Em Nice, um camião avançou cobardemente sobre centenas de pessoas que estavam a celebrar os valores da liberdade, da igualdade e da fraternidade", lê-se no texto da Assembleia da República.

Os deputados subscritores declaram que "Portugal diz presente por uma política que afirme e defenda os valores da liberdade, democracia e soberania dos estados, orientada para uma cultura de segurança e cooperação nas relações internacionais".

Lusa

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.