sicnot

Perfil

Banif

Banif

Banif

PS quer esclarecimentos rápidos de Carlos Costa sobre o Banif

O PS defendeu hoje que o governador do Banco de Portugal deve esclarecer "quanto antes" que não omitiu informação no caso Banif, admitindo poder chamá-lo ao Parlamento para "esclarecimentos adicionais".

Lusa

Em declarações à agência Lusa, o deputado socialista João Galamba considerou ser "do interesse" de Carlos Costa esclarecer as notícias de que omitiu do governo uma sugestão que fez ao Banco Central Europeu para limitar a liquidez concedida pelo Eurosistema ao Banif.

"É do interesse do Banco de Portugal esclarecer toda esta situação. Vamos aguardar pelo envio da ata completa e só depois, se entendermos que se justificam explicações adicionais do governador, iremos chamá-lo" ao Parlamento, disse à agência Lusa o vice-presidente da bancada parlamentar socialista.

João Galamba defendeu que o governador do Banco de Portugal deve esclarecer a situação e "demonstrar de forma definitiva que não houve nenhuma tentativa de ocultar informação".

"Ontem [quinta-feira], o Sr governador tentou, através de comunicado, dizer que estávamos perante uma ata truncada e que a divulgação da ata completa esclareceria melhor o papel do banco. O problema aqui é que o Banco [de Portugal], na comissão de inquérito, sugeriu sempre que não tinha sido por sua iniciativa, que tinha sido algo imposto de fora para dentro, que lhe tinha sido imposta e que o Banco nem tinha concordado", recordou.

O Governo acusou o Banco de Portugal de ter cometido uma "falha de informação grave", por ter omitido que pediu ao BCE para limitar o financiamento do Eurosistema ao Banif.

Lusa

  • Roger Moore, o ator que foi 007 e um Santo
    1:26

    Cultura

    Morreu Roger Moore. O ator britânico tinha 89 anos e morreu na Suíça, vítima de cancro. Ficou conhecido pelo mítico papel de James Bond entre os anos 70 e 80, tendo sido o ator que mais tempo se manteve no papel. Em 2003, foi condecorado pela rainha Isabel II e tornou-se Sir Roger Moore.

  • Ucrânia limita utilização do russo na televisão

    Mundo

    O Parlamento da Ucrânia aprovou esta terça-feira uma lei que determina que três quartos dos programas televisivos dos canais nacionais devem ser transmitidos em ucraniano, medida que visa limitar o uso da língua russa naquele país.