sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

Deputada britânica assassinada tinha recebido ameaças

A deputada britânica Jo Cox, assassinada na quinta-feira no norte de Inglaterra, foi alvo de ameaças recentemente, informou hoje a polícia britânica sem contudo estabelecer uma relação direta entre as ameaças e o homicídio.

© Stefan Wermuth / Reuters

"A polícia foi alertada pela deputada Jo Cox sobre mensagens ofensivas e um homem foi detido em março de 2016 no âmbito desse caso", informou a polícia num comunicado.

"O homem foi advertido pela polícia", acrescenta o texto, precisando que o suspeito das ameaças "não é o homem detido" na quinta-feira após o homicídio da deputada.

Segundo o jornal The Times, Jo Cox recebeu ameaças durante três meses e a polícia chegou a avaliar medidas de segurança adicionais para a proteger.

A deputada do Partido Trabalhista, de 41 anos e mãe de duas crianças, foi morta em plena rua na pequena localidade de Birstall, na sua circunscrição no norte de Inglaterra.

Segundo o jornal The Sun, Cox foi atingida com três tiros e sete facadas.

Segundo testemunhas, o presumível homicida, Thomas Mair, terá gritado "Britain First" ("A Grã-Bretanha Primeiro") durante o ataque.

A organização não-governamental Southern Poverty Law Centre, um grupo norte-americano de defesa dos direitos civis, informou que Mair seria um "devoto apoiante" de um grupo neonazi dos Estados Unidos.

Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.