sicnot

Perfil

Brexit

Jo Cox lembrada como alguém que defendeu os pobres e oprimidos

Jo Cox lembrada como alguém que defendeu os pobres e oprimidos

Em Birstall, local onde foi morta a deputada britânica, realizam-se hoje as cerimónias fúnebres em homenagem a Jo Cox. Amanhã, também o parlamento britânico vai realizar uma sessão especial para honrar a memória da deputada. É lembrada como alguém que defendeu os pobres e os oprimidos e que lutou sempre pelas causas a que se entregava com um sorriso no rosto.

  • Suspeito da morte da deputada britânica dá resposta insólita em tribunal
    2:03

    Brexit

    O suspeito pela morte da deputada Jo Cox foi já ouvido em tribunal e formalmente acusado de homicídio. Quando lhe perguntaram o nome na sala de audiências, Thomas Mair respondeu de forma insólita e disse: "O meu nome é morte aos traidores e liberdade para o Reino Unido". A campanha para o referendo do dia 23 está suspensa até segunda-feira.

  • "O meu nome é morte aos traidores e liberdade para o Reino Unido"
    1:57

    Brexit

    O homem que matou a deputada trabalhista britânica, Jo Cox, está a ser ouvido no Tribunal de Westminster. Logo no início da sessão quando os magistrados lhe perguntaram o nome, Thomas Mair respondeu de forma insólita dizendo: "o meu nome é morte aos traidores e liberdade para o Reino Unido". A campanha ao referendo de dia 23 continua suspensa. Os trabalhistas só deverão retomar as ações na segunda-feira.

  • Jo Cox vivia com o marido e os filhos num barco no rio Tamisa
    2:57

    Brexit

    O Reino Unido continua em choque com a morte da deputada Jo Cox. A campanha ao referendo de dia 23 está suspensa até segunda-feira. No local onde Jo Cox foi assassinada, David Cameron apelou à tolerância e à união. A deputada ficou conhecida pelas posições pró-Europa e pela preocupação pelos migrantes. Jo Cox vivia com o marido e os dois filhos, num barco ancorado no Rio Tamisa.

  • A literatura extremista do assassino de Jo Cox

    Mundo

    As autoridades britânicas encontraram objetos nazis e literatura de extrema-direita - que incluem instruções para fazer uma pistola do zero - em casa de Thomas Mair, o suspeito de ter assassinado Jo Cox, a deputada britânica.

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.