sicnot

Perfil

Brexit

Jo Cox lembrada como alguém que defendeu os pobres e oprimidos

Jo Cox lembrada como alguém que defendeu os pobres e oprimidos

Em Birstall, local onde foi morta a deputada britânica, realizam-se hoje as cerimónias fúnebres em homenagem a Jo Cox. Amanhã, também o parlamento britânico vai realizar uma sessão especial para honrar a memória da deputada. É lembrada como alguém que defendeu os pobres e os oprimidos e que lutou sempre pelas causas a que se entregava com um sorriso no rosto.

  • Suspeito da morte da deputada britânica dá resposta insólita em tribunal
    2:03

    Brexit

    O suspeito pela morte da deputada Jo Cox foi já ouvido em tribunal e formalmente acusado de homicídio. Quando lhe perguntaram o nome na sala de audiências, Thomas Mair respondeu de forma insólita e disse: "O meu nome é morte aos traidores e liberdade para o Reino Unido". A campanha para o referendo do dia 23 está suspensa até segunda-feira.

  • "O meu nome é morte aos traidores e liberdade para o Reino Unido"
    1:57

    Brexit

    O homem que matou a deputada trabalhista britânica, Jo Cox, está a ser ouvido no Tribunal de Westminster. Logo no início da sessão quando os magistrados lhe perguntaram o nome, Thomas Mair respondeu de forma insólita dizendo: "o meu nome é morte aos traidores e liberdade para o Reino Unido". A campanha ao referendo de dia 23 continua suspensa. Os trabalhistas só deverão retomar as ações na segunda-feira.

  • Jo Cox vivia com o marido e os filhos num barco no rio Tamisa
    2:57

    Brexit

    O Reino Unido continua em choque com a morte da deputada Jo Cox. A campanha ao referendo de dia 23 está suspensa até segunda-feira. No local onde Jo Cox foi assassinada, David Cameron apelou à tolerância e à união. A deputada ficou conhecida pelas posições pró-Europa e pela preocupação pelos migrantes. Jo Cox vivia com o marido e os dois filhos, num barco ancorado no Rio Tamisa.

  • A literatura extremista do assassino de Jo Cox

    Mundo

    As autoridades britânicas encontraram objetos nazis e literatura de extrema-direita - que incluem instruções para fazer uma pistola do zero - em casa de Thomas Mair, o suspeito de ter assassinado Jo Cox, a deputada britânica.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.