sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Indústria de automóveis britânica apoia a permanência na UE

A indústria de fabricantes automóveis britânica manifestou hoje o seu apoio à permanência do Reino Unido na União Europeia, por considerar que uma eventual saída irá arriscar postos de trabalho.

© Reuters Photographer / Reuter

A Sociedade de Construtores e Distribuidores Automóveis (STTM, na designação em inglês) expressou hoje, através de um comunicado, o receio pelo brexit, pois isso "irá prejudicar" o êxito contínuo deste setor do Reino Unido.

"Permanecer permitirá ao Reino Unido manter a influência do sucesso do setor automóvel britânico", sublinhou o conselheiro delegado da SMMT, Mike Hawes.

Depois de conhecer este apoio, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse hoje, na sua conta na rede social Twitter, que "a indústria automóvel do Reino Unido é clara e deve permanecer na UE para ter uma economia forte". David Cameron dirige a campanha a favor da continuidade do Reino Unido como membro do bloco europeu.

Entretanto, dez personalidades galardoadas com o prémio Nobel de Economia pediram hoje aos futuros votantes para apoiarem a permanência na UE, através de uma carta enviada ao diário britânico The Guardian.

Segundo os assinantes, entre eles o economista britânico James Mirrless e o norte-americano Peter Diamond, as empresas necessitam do pleno acesso ao mercado único e estimam que o brexit irá "criar incerteza".

A carta tem também as assinaturas de outros economistas premiados como George Akerlof, Kenneth Arrow, Angus Deaton, James Heckman, Eric Maskin, Christopher Pissarides, Robert Solow e Jean Tirole.

Os britânicos dirigem-se às urnas na quinta-feira, 23 de junho, para decidir se permanecem ou abandonam a UE.


Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.