sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Juncker insiste que não haverá novas negociações porque "fora é fora"

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, insistiu hoje que "não haverá qualquer tipo de nova negociação" com o Reino Unido na sequência do referendo sobre a permanência na União Europeia, sublinhando que uma saída será definitiva.

© Yves Herman / Reuters

"Fora é fora", afirmou, quando questionado sobre o referendo durante uma conferência de imprensa conjunta com o chanceler austríaco, Christian Kern, em Bruxelas, na véspera da consulta no Reino Unido, agendada para quinta-feira.

O presidente da Comissão apontou que "os políticos britânicos e os eleitores britânicos devem saber que não haverá qualquer tipo de nova negociação" com Londres, recordando que os restantes 27 Estados-membros já fizeram muitas concessões no quadro do acordo fechado com o primeiro-ministro, David Cameron, em fevereiro passado.

Para sexta-feira de manhã (10:30 locais, 11:30 em Lisboa) está prevista uma reunião, em Bruxelas, entre os presidentes das principais instituições europeias, designadamente Juncker, Donald Tusk (Conselho) e Martin Schulz (Parlamento Europeu), e ainda Mark Rutte, primeiro-ministro holandês, por ser este o país que detém, até julho, a presidência rotativa da União Europeia, para discutir o resultado do referendo.

Lusa

  • Polícia belga deteve homem que conduzia entre a multidão em Antuérpia

    Mundo

    Foi hoje detido um homem que conduzia a alta velocidade contra uma multidão numa zona comercial de Antuérpia, na Bélgica. O suspeito já foi identificado, é francês e tinha várias armas no carro. As autoridades francesas suspeitam que o homem estava bêbedo e a tentar escapar à polícia, mas as autoridades belgas ainda não confirmaram esta versão.

    Em desenvolvimento

  • Neve corta estradas em Viseu
    2:04
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • As vantagens de comprar online
    8:03