sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

Grupo de 84 deputados eurocéticos assinam carta de apoio a David Cameron

Um grupo de 84 deputados conservadores eurocéticos e apoiantes da saída do Reino Unido da União Europeia (UE) assinaram hoje uma carta onde referem que David Cameron deve permanecer primeiro-ministro independentemente dos resultados do referendo.

© Stefan Wermuth / Reuters

"Nós, apoiantes de uma saída e membros do partido conservador, agradecemos-vos por permitir ao povo britânico a escolha sobre o seu destino em 23 de junho de 2016. Consideramos que, qualquer que seja a decisão do povo britânico, tendo em simultâneo o mandato e o dever de continuar a dirigir a nação", referem os signatários da carta, publicada logo após o encerramento das assembleias de voto às 22:00 locais (mesma hora em Lisboa).

Boris Johnson, o líder do campo do 'Brexit' e ex-presidente da câmara de Londres, inclui-se entre os signatários.

David Cameron, defensor da permanência na UE, declarou por diversas vezes que não pretendia demitir-se caso os britânicos decidissem a favor do 'Brexit'.

Diversos membros do seu partido consideraram no entanto que a sua posição se tornaria rapidamente insustentável no caso de saída da UE.

O referendo expôs as profundas divisões entre os 'Tories' (conservadores), com diversos dos seus membros a fazerem campanha por uma saída do bloco comunitário.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.