sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

MNE holandês quer resposta da UE a "preocupações concretas" dos cidadãos

O ministro dos Negócios Estrangeiros holandês, Bert Koenders, afirmou hoje que a União Europeia (UE) deverá dar uma resposta a "preocupações concretas" dos cidadãos e não continuar o "business as usual" (o mesmo de sempre).

© Yves Herman / Reuters

Koenders afirmou lamentar e respeitar a decisão da população britânica de abandonar os 28, acrescentando o objetivo da presidência rotativa da UE, que pertence até final de junho à Holanda, de "trabalhar para os cidadãos e resolver problemas".

Antevendo a oposição entre quem não quer a Europa e os que defendem maior integração, o responsável referiu que a resposta que deve ser procurada é "olhar para as preocupações dos cidadãos: migração, emprego e segurança" e não seguir o "business as usual".

O ministro falava à entrada da primeira reunião que juntará responsáveis da UE - encontro de assuntos gerais, no Luxemburgo -, após a vitória da saída do Reino Unido, no referendo de quarta-feira.

No encontro participa a secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Margarida Marques.

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido vai sair a União Europeia, depois de o Brexit ter conquistado 51,9% dos votos no referendo de quinta-feira, cuja taxa de participação foi de 72,2%.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou já a intenção de se demitir em outubro, na sequência deste resultado.

As principais bolsas europeias abriram hoje em forte queda, com a bolsa de Londres a descer perto dos 8%.

Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Vila de Gavião viu-se cercada pelas chamas
    2:17
  • Costa desafia PSD para pacto depois das autárquicas
    1:14
  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22