sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Mario Draghi assume "tristeza" com saída do Reino Unido da UE

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, considerou hoje que a palavra "tristeza" é aquela que melhor exprime o sentimento reinante na Europa acerca da saída do Reino Unido da União Europeia.

© Francois Lenoir / Reuters

"Vamos deixar as circunstâncias extraordinárias em que nos encontramos, que envolvem os nossos amigos britânicos e toda a União Europeia. Tentei encontrar uma palavra que defina os nossos sentimentos: provavelmente, a melhor é 'tristeza', que todos temos aqui", afirmou o responsável.

"Vamos deixar tudo isto de lado e centrarmo-nos no nosso Fórum do BCE", reforçou Draghi no discurso de boas-vindas do fórum da instituição, que hoje arrancou em Sintra, Lisboa.

O BCE volta a reunir em Sintra, durante três dias, algumas das mais influentes personalidades do mundo da política monetária para debater o futuro económico, monetário e financeiro internacional no rescaldo do 'Brexit'.

O presidente do BCE, Mario Draghi, deu já início aos trabalhos, com um discurso num jantar de boas-vindas às dezenas de economistas e responsáveis internacionais que participam no 'ECB Forum on Central Banking'.

Dedicado este ano ao 'Futuro da arquitetura monetária e financeira internacionais", o Fórum do BCE juntará várias personalidades com responsabilidades políticas poucos dias depois de o Reino Unido ter decidido, na quinta-feira, deixar a União Europeia.

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido deve sair da UE, depois de o 'Brexit' (nome como ficou conhecida a saída britânica da União Europeia) ter conquistado 51,9% dos votos no referendo de quinta-feira.

Logo na sexta-feira, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou a sua demissão, com efeitos em outubro, e os líderes da UE defenderam uma saída rápida do Reino Unido.

O Conselho Europeu reúne-se na terça e na quarta-feira em Bruxelas para analisar os cenários pós-Brexit.

Lusa

  • "Claramente que há mandantes e que foi uma operação organizada"
    4:14

    Crise no Sporting

    Os 23 detidos por suspeitas de terem participado no ataque à Academia de Alcochete ficaram em prisão preventiva. Miguel Sousa Tavares considera que a decisão "é mais para ser exemplar". O comentador da SIC acredita que há mandantes e que esta foi uma "operação organizada". Sousa Tavares diz ainda que os "políticos não têm coragem para impor as leis" e que em Portugal "brinca-se com a lei".

    Miguel Sousa Tavares

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.

  • Jovem britânico em fuga é detido depois de responder à polícia no Facebook

    Mundo

    Através do Facebook, a polícia de West Yorkshire mostrou-se preocupada perante o desaparecimento de um jovem de 21 anos e pediu por informações que pudessem leva-los a descobrir Leon Smith. Contudo, o que não deveriam estar à espera, era que o próprio desaparecido respondesse na rede social e que desafiasse a polícia a "fazer o seu trabalho". As autoridades acabaram por localizar o jovem no mesmo dia.

    SIC