sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Mario Draghi assume "tristeza" com saída do Reino Unido da UE

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, considerou hoje que a palavra "tristeza" é aquela que melhor exprime o sentimento reinante na Europa acerca da saída do Reino Unido da União Europeia.

© Francois Lenoir / Reuters

"Vamos deixar as circunstâncias extraordinárias em que nos encontramos, que envolvem os nossos amigos britânicos e toda a União Europeia. Tentei encontrar uma palavra que defina os nossos sentimentos: provavelmente, a melhor é 'tristeza', que todos temos aqui", afirmou o responsável.

"Vamos deixar tudo isto de lado e centrarmo-nos no nosso Fórum do BCE", reforçou Draghi no discurso de boas-vindas do fórum da instituição, que hoje arrancou em Sintra, Lisboa.

O BCE volta a reunir em Sintra, durante três dias, algumas das mais influentes personalidades do mundo da política monetária para debater o futuro económico, monetário e financeiro internacional no rescaldo do 'Brexit'.

O presidente do BCE, Mario Draghi, deu já início aos trabalhos, com um discurso num jantar de boas-vindas às dezenas de economistas e responsáveis internacionais que participam no 'ECB Forum on Central Banking'.

Dedicado este ano ao 'Futuro da arquitetura monetária e financeira internacionais", o Fórum do BCE juntará várias personalidades com responsabilidades políticas poucos dias depois de o Reino Unido ter decidido, na quinta-feira, deixar a União Europeia.

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido deve sair da UE, depois de o 'Brexit' (nome como ficou conhecida a saída britânica da União Europeia) ter conquistado 51,9% dos votos no referendo de quinta-feira.

Logo na sexta-feira, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou a sua demissão, com efeitos em outubro, e os líderes da UE defenderam uma saída rápida do Reino Unido.

O Conselho Europeu reúne-se na terça e na quarta-feira em Bruxelas para analisar os cenários pós-Brexit.

Lusa

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.