sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

PM escocesa vai a Bruxelas defender lugar da Escócia na UE

A primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, disse-se hoje "absolutamente determinada" a defender o lugar da Escócia na União Europeia (UE) e anunciou que vai na quarta-feira a Bruxelas para se reunir com dirigentes europeus.

Nicola Sturgeon, primeira-ministra da Escócia

Nicola Sturgeon, primeira-ministra da Escócia

© Clodagh Kilcoyne / Reuters

"Estou determinada, absolutamente determinada, a preservar a relação e o lugar da Escócia na UE", disse Sturgeon, líder do partido independentista SNP, ao discursar no parlamento escocês pela primeira vez desde a vitória do 'Brexit'.

"Se saíssemos da Europa, isso seria contra a nossa vontade" e "democraticamente inaceitável", prosseguiu, sublinhando que os escoceses votaram maioritariamente (62%) pela permanência na UE no referendo de 23 de junho.

"Amanhã [quarta-feira] farei uma primeira visita a Bruxelas para explicar a posição e os interesses da Escócia", disse, precisando que vai nomeadamente reunir-se com o presidente do Parlamento Europeu, Martin Shulz.

Sturgeon disse ainda que o seu governo defenderá todos os europeus que residem na Escócia e que os incidentes xenófobos denunciados nos últimos dias "não serão tolerados".

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.