sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

PM escocesa vai a Bruxelas defender lugar da Escócia na UE

A primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, disse-se hoje "absolutamente determinada" a defender o lugar da Escócia na União Europeia (UE) e anunciou que vai na quarta-feira a Bruxelas para se reunir com dirigentes europeus.

Nicola Sturgeon, primeira-ministra da Escócia

Nicola Sturgeon, primeira-ministra da Escócia

© Clodagh Kilcoyne / Reuters

"Estou determinada, absolutamente determinada, a preservar a relação e o lugar da Escócia na UE", disse Sturgeon, líder do partido independentista SNP, ao discursar no parlamento escocês pela primeira vez desde a vitória do 'Brexit'.

"Se saíssemos da Europa, isso seria contra a nossa vontade" e "democraticamente inaceitável", prosseguiu, sublinhando que os escoceses votaram maioritariamente (62%) pela permanência na UE no referendo de 23 de junho.

"Amanhã [quarta-feira] farei uma primeira visita a Bruxelas para explicar a posição e os interesses da Escócia", disse, precisando que vai nomeadamente reunir-se com o presidente do Parlamento Europeu, Martin Shulz.

Sturgeon disse ainda que o seu governo defenderá todos os europeus que residem na Escócia e que os incidentes xenófobos denunciados nos últimos dias "não serão tolerados".

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.