sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

"Os heróis de ontem são hoje tristes heróis"

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, afirmou hoje na sessão do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, que os "heróis de ontem do Brexit são hoje tristes heróis", referindo-se aos protagonistas do referendo do Reino Unido.

O líder do executivo comunitário aos eurodeputados, Jean-Claude Juncker, teceu duras críticas relativas aos protagonistas do Brexit, como Boris Johnson e Nigel Farage, entre outros.

"Aqueles que contribuíram para a situação do Reino Unido demitiram-se. Eles não são patriotas, porque os patriotas não se demitem quando as coisas se tornam difíceis. Ficam", argumentou.

Num debate sobre as conclusões da última cimeira de chefes de Estado e do Governo, que se centrou na vitória da opção pela saída do Reino Unido da União Europeia, Juncker disse que "os heróis de ontem do Brexit, são hoje os tristes heróis do Brexit". Afirmou ainda não compreender que os partidários da saída peçam tempo para afirmarem os seus planos para o futuro.

"Em vez de desenvolverem um plano, estão a abandonar o navio", criticou.

Jean-Claude Juncker fez ainda eco da mensagem repetida momentos antes pelo presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, que sem notificação por parte do Reino Unido do seu desejo de saída (Artº nº50 - Tratado de Lisboa) não há negociações sobre as futuras relações.

O presidente da Comissão Europeia reafirmou que a participação no mercado único implica o respeito total "pelas quatro liberdades, incluindo a de circulação".

Com Lusa

  • Juncker diz que Escócia ganhou o direito de ser ouvida em Bruxelas
    0:32

    Brexit

    O presidente da Comissão Europeia diz que a Escócia ganhou o direito de ser ouvida em Bruxelas. Esta tarde está previsto um encontro entre Jean-Claude Juncker e a primeira-ministra da Escócia. Juncker diz no entanto que não cabe nem à Comissão Europeia, nem ao Conselho Europeu, interferir no processo de cisão da Escócia do Reino Unido.

  • "Porque está aqui?", diz Juncker a Farage no Parlamento Europeu
    0:53

    Brexit

    Jean-Claude Juncker voltou a lamentar o resultado do referendo no Reino Unido, mas sublinha que é preciso respeitar a vontade expressa pelo povo e insiste que o governo britânico deve ativar o artigo 50 o quanto antes. O presidente da Comissão Europeia confrontou hoje os eurodeputadas britânicos que defenderam o Brexit. Após a participação do líder do Partido da Independência do Reino Unido, Nigel Farage, Juncker perguntou-lhe o que estava a fazer no Parlamento Europeu.

  • Juncker quer acelerar negociações com os britânicos
    0:34

    Brexit

    O presidente da Comissão Europeia rejeitou que a saída do Reino Unido represente o princípio do fim da União Europeia (UE). "A união é o enquadramento do nosso futuro político comum", diz Jean-Claude Juncker que não quer que a incerteza se prolongue e pretende acelerar as negociações com os britânicos.

  • A proposta dos partidos para a redução da dívida
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à União Europeia e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta dos partidos para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido qualquer perdão de dívida, ao contrário do que os partidos mais à esquerda chegaram a defender.

  • Antigos ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo Ministério Público
    1:54
  • Suspeito de atropelamento mortal diz que foi mero acidente 
    2:00
  • A história de Macron e Brigitte Trogneux, 25 anos mais velha
    1:25

    Eleições França 2017

    A segunda volta das eleições francesas acontece já no próximo dia 7 de maio. Caso Emmanuel Macron seja eleito, o país terá como primeira-dama uma mulher 25 anos mais velha do que o Presidente. Brigitte Trogneux tem 64 anos e Macron 39, conheceram-se no liceu privado de jesuítas, em Amiens. Brigitte era a professora e Macron o aluno. Conheça a história do casal. 

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre após a cirurgia

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.