sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

Ministro britânico diz que é necessário não confundir saída com isolamento

​O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Boris Johnson, prometeu hoje na ONU que o Reino Unido irá ser ainda mais ativo no mundo, afirmando que Brexit não significa isolamento.

Falando aos jornalistas durante uma visita à Organização das Nações Unidas (ONU), o governante rejeitou qualquer comparação com o candidato republicano à presidência norte-americana Donald Trump e a sua prioridade à América.

"Há uma grande diferença entre o Brexit e uma qualquer forma de isolamento", afirmou o ministro.

Sair da União Europeia (UE) "significa que vamos voltar-nos mais para o exterior, mais comprometidos e entusiastas que sempre na cena internacional", acrescentou.

Boris Johnson encontrou-se com embaixadores do Conselho de Segurança da ONU, como aqueles dos EUA e da França, e esteve com o secretário geral Ban Ki-moon, analisando a situação na Síria, Líbia, Sudão do Sul e Somália.

Em todos os dossiers, o Reino Unido "tem um papel dirigente na procura de soluções", realçou, acrescentando que Ban Ki-moon incentivou Londres a "ter um papel ainda maior no quadro da ONU".

O ministro do Reino Unido votou em nome do seu país na adoção unânime pelo Conselho de Segurança de uma resolução de inspiração britânica sobre as armas químicas na Líbia.

Lusa

  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • Várias povoações evacuadas no concelho de Nisa

    País

    Várias povoações do concelho de Nisa, no distrito de Portalegre, foram esta quarta-feira à noite evacuadas, devido à ameaça do incêndio que lavra no concelho, disse à agência Lusa a presidente do município, Idalina Trindade.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14