sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Brexit faz crescer número de visitantes no Reino Unido

A queda da libra esterlina, devido à vitória dos partidários da saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit) no referendo de junho, causou um aumento do número de reservas de voos para o país, noticiou a BBC.

A desvalorização da moeda britânica em relação ao dólar e ao euro, provocada pela incerteza que surgiu após a consulta popular, brindou os viajantes com a oportunidade de desfrutar de umas férias a um menor custo no Reino Unido.

A libra desvalorizou-se cerca de 13% em relação ao dólar desde o escrutínio e caiu cerca de 10% em relação ao euro.

A televisão pública britânica BBC baseou-se em dados recolhidos pela organização ForwardKeys, que analisa diariamente 14 milhões de transações de reservas de viagens.

Nos 28 dias que se seguiram ao referendo sobre a saída da União Europeia, registou-se um aumento de 4,3% no número de reservas de voos para o Reino Unido, em comparação com o mesmo período do ano passado.

As compras de bilhetes aéreos feitas a partir de Hong Kong aumentaram em 30,1%, ao mesmo tempo que ocorreu um aumento de 9,2% no número de bilhetes adquiridos nos Estados Unidos e uma subida de 5% noutros locais da Europa.

De acordo com a ForwardKeys, o Brexit teve um "impacto imediato e positivo" no setor do turismo britânico.

Também o beneficiaram a incerteza económica global, os recentes atentados terroristas ocorridos em França e na Bélgica e as alterações no tráfego aéreo, segundo a empresa.

A ForwardKeys registou ainda subidas nas reservas já efetuadas de viagens para o Reino Unido no próximo outono, juntamente com aumentos de 3,2% para este mês, 3,3% para setembro e 5,3% para outubro.

"Nos próximos meses, os nossos dados mostrar-nos-ão se esta tendência positiva pós-brexit é sustentável", disse Olivier Jager, administrador da ForwardKeys.

Lusa

  • Pagaram 10 libras por diamante que vale milhares

    Mundo

    Há 30 anos um comprador adquiriu um anel de diamantes de 26.27 quilates por apenas 10 libras (cerda de 11 euros) numa feira em Isleworth, no oeste Londres. O proprietário passeou durante três décadas com uma peça que valia cerca de 350.000 libras (407.000€) e não sabia. Confessa que até a usava durante as tarefas domésticas.

    SIC

  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.

  • Caçador morre esmagado por elefante

    Mundo

    Um famoso caçador morreu na sexta-feira após ser esmagado por um elefante quando estava a caçar. A morte foi confirmada pelas autoridades do Zimbabué, que adiantaram ainda que o animal foi morto por um dos caçadores do grupo de Theunis Botha.