sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Governo britânico recua na intenção de listar trabalhadores estrangeiros

O governo britânico recuou hoje na intenção de pedir às empresas para fazerem listas com os trabalhadores estrangeiros, uma iniciativa que surgiu esta semana no congresso do Partido Conservador e suscitou indignação.

"Não vamos pedir às empresas para fazerem listas, nomearem ou identificarem os trabalhadores estrangeiros", afirmou na rádio BBC o ministro da Defesa, Michael Fallon, acrescentando que o projeto foi "mal interpretado".

Fallon referiu que as empresas podem, "simplesmente, indicar os números".

A iniciativa, destinada a levar as empresas a privilegiarem os trabalhadores nacionais, foi apresentada na quarta-feira no congresso anual do Partido Conservador, em Birmingham, pela ministra do Interior, Amber Rudd, e suscitou de imediato vivas críticas.

O líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, acusou os conservadores de avivarem a "xenofobia" e a primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, considerou que a "visão de Theresa May (chefe do governo britânico) do Reino Unido do 'Brexit' é repugnante".

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.