sicnot

Perfil

Camilo de Oliveira 1924-2016

Camilo de Oliveira 1924-2016

Camilo de Oliveira 1924-2016

Funeral de Camilo de Oliveira realiza-se hoje

A cerimónia de cremação do ator Camilo de Oliveira, que faleceu no passado sábado, aos 91 anos, realiza-se hoje, no cemitério do Alto de S. João, em Lisboa.

A missa de corpo presente tem início, hoje, às 10:00, na Basílica da Estrela, seguindo-se o funeral para o cemitério do Alto de São João, em Lisboa.

O ator Camilo de Oliveira contava uma carreira de quase 70 anos, no teatro, na televisão e também no cinema, tendo-se destacado na comédia e no teatro de revista.

Camilo de Oliveira nasceu a 23 de julho de 1924, em Buarcos, próximo da Figueira da Foz, curiosamente num camarote, durante uma digressão da Companhia de Teatro Rentini, onde atuavam os seus pais. Aos cinco anos subiu ao palco pela primeira vez, mas a estreia profissional deu-se quando tinha 15 anos.

O ator fez parte de diversas companhias e atuou em vários palcos, designadamente nos teatros ABC, Maria Vitória e Variedades, no Parque Mayer, em Lisboa, no extinto Monumental, também na capital, e no Sá da Bandeira, no Porto, entre outros.

Nestas décadas dedicadas ao riso, Camilo de Oliveira trabalhou muitas vezes em parceria, com atores como Ivone Silva, Io Appolloni, Aida Batista e Florbela Queiroz, Nuno Melo e António Feio, Heitor Lourenço, Maria Emília Correia ou Paula Marcelo, a sua última mulher, tendo criado personagens como Agostinho, o inspetor de alfândega, ou o Padre Pimentinha.

Com Ivone Silva protagonizou, aliás, um dos pares de maior sucesso da televisão, "Os Agostinhos", no programa "Sabadabadú", em 1981, na RTP, que mereceu uma Rosa de Prata no Festival de Montreux, em 1982.

Entre os seus sucessos, o ator realçava a comédia em dois atos "Um coronel", de Jean-Jacques Bricaire e Maurice Lasaygues, no Teatro Variedades, em Lisboa, em que contracenou com Alina Vaz, Francisco Nicholson, António Feio, Paula Marcelo, entre outros.

No cinema participou em "O homem do dia" (1958) e "O ladrão de quem se fala" (1969), ambos de Henrique Campos.

"Abaixo as saias" (1958), "Ó pá, não fiques calado" (1963), "Sopa no mel" (1965), "Duas pernas e um milhão" (1967), "Alto lá com elas" (1970), "As coisas que um padre faz" (1976), "Aldeia da roupa suja" (1978), "Há mas são verdes" (1983), "Isto é que vai uma crise" (1992), "Camilo & Filhas" (1996), "O padre Camilo" (2003) e "O meu rapaz é rapariga" (2008) foram alguns dos seus sucessos.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Casas de Luís Filipe Vieira e Pedro Guerra foram alvo de buscas
    2:39

    Desporto

    O caso dos emails levou esta quinta-feira a Polícia Judiciária a fazer buscas no Estádio da Luz e nas casas de Luís Filipe Vieira, o comentador Pedro Guerra e Paulo Gonçalves, o assessor jurídico do clube das águias. O advogado foi constituído arguido, mas só porque um advogado para ser alvo de buscas precisa de ser arguido.

  • Buscas no Benfica? "A Justiça está a funcionar"
    0:18

    Desporto

    Bruno de Carvalho reagiu esta quinta-feira às buscas efetuadas no Benfica. À saída de uma audiência no Ministério da Educação, o presidente do Sporting abordou o tema para dizer que é sinal de que a justiça está a funcionar.

  • Este foi provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC